• Home
  • Atleta vegana quebra nove recordes em campeonato de levantamento de peso

Atleta vegana quebra nove recordes em campeonato de levantamento de peso

0 comments

Foto: Yolanda Presswood
Foto: Yolanda Presswood

Yolanda Presswood, atleta vegama de levantamento de pesos, alcançou nove recordes incríveis nos recente encontros da categoria “USPA Drug Tested Nationals” em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O encontro esportivo ofereceu à atleta a chance de continuar as conquistas surpreendentes que a levaram a ganhar títulos e bater recordes após um curto período de tempo no esporte.

Após a competição, Presswood saiu com recordes nos níveis estadual, nacional e mundial, tornando-se campeã nacional na categoria M1 (40-44) de 60 kg. Seu desempenho também deu a ela uma classificação de “Atleta de Elite”.

Perda de peso

Presswood decidiu que mudaria de categoria de peso (de um levantador de peso de 67,5 kg para 60 kg) logo após se qualificar para o evento, uma vez que um peso menor permitiria que ela tentasse 12 recordes – incluindo quatro recordes mundiais.

Restringir calorias e caminhar parecia estar funcionando até que ela sofreu uma tensão intercostal. “Felizmente, com a ajuda da minha personal trainner e amiga Natasha Barnes, eu fui capaz de continuar a levantar pesos apesar da tensão dolorosa que me afetou”, disse ela à GVA – Great Vegan Athletes.

Outras dificuldades apareceram e Presswood passou e experimentar uma perda de força. Ela teve dificuldade em continuar com a perda de peso. A atleta sofre de TEPT (transtorno de estresse pós-traumático) e experimentou o que descreve como “o pior ataque de pânico da minha vida. O tipo em que você pensa que está morrendo enquanto se prepara para o encontro”.

Mudando de tática para incluir jejum e corte de carboidratos, ela finalmente passou a pesar 59,5 kg alcançando seu objetivo.

Recordes

A levantadora de pesos vegana agora detém 11 recordes em duas categorias de peso.

“A magnitude dessa conquista para mim é enorme”, disse ela. “Parti com isso como meu objetivo e foi exatamente o que conquistei”.

Yolanda também sentiu que tinha aprendido com o processo de perda de peso.

“Eu não consideraria perder peso se não tivesse uma chance de bater quatro recordes mundiais. Nunca mais o farei. Não o recomendo a levantadores novos ou mais novos. Apenas pratique com o peso que estiver!”

Uma década de veganismo

Presswood, que é vegana há quase 10 anos, mudou seu estilo de vida depois de se conscientizar da natureza cruel dos produtos de origem animal e pesquisar mais sobre o assunto.

“Eu decidi que iria olhar para a situação mais a fundo e peguei o livro de Alicia Silverstone, ‘The Kind Diet’ (A Dieta Compassiva). Foi nessa leitura que meus olhos foram abertos para as atrocidades que os animais sofrem todos os dias”, disse ela anteriormente à GVA.

“Eu não conseguia desviar o olhar do livro. Como vocês sabem, como veganos, começamos com o óbvio e continuamos aprendendo à medida que avançamos em nossas vidas. Minha casa é vegana para os animais, incluindo nossos dois filhos adolescentes de 16 e 20 anos. Escolhi ser vegana por amor à vida, a todas as vidas. Corações fortes. Mentes fortes. Corpo forte”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>