• Home
  • Tutores abandonam galinhas por considerá-las “muito barulhentas”

Tutores abandonam galinhas por considerá-las “muito barulhentas”

0 comments

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Ao adotar uma galinha como animal doméstico é razoável que o tutor espere por uma certa quantidade de cacarejar e algumas penas perdidas pela casa.

Infelizmente, porém, muitos novos tutores não percebem a responsabilidade envolvida em trazer um novo membro para fazer parte de sua família e de sua vida  e acabam abandonando esses seres indefesos – alertou a ONG RSPCA (Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals) com base nos altos índices de galinhas abandonadas no Reino Unido.

Galos cantando no início da manhã é um problema que muitas vezes leva os vizinhos a reclamar e prestar queixas, mas esse é um costume natural dessas aves.

Na quarta-feira passada (23), a RSPCA recebeu relatos de dois galos presos dentro de um carrinho de mercado em uma gaiola, em Spalding, Lincolnshire, na Inglaterra, depois de serem abandonados por seus tutores.

Amy Reiter, responsável pelo bem-estar dos animais que foram resgatados, disse: “Tornou-se muito popular manter galinhas como animais domésticos mas, infelizmente, muitas pessoas as adotam sem entender adequadamente suas necessidades. Estamos descobrindo galinhas e galos sendo abandonados com mais frequência ultimamente”.

Foto: PA
Foto: PA

“Os galos podem ser mais difíceis de manter, pois costumam ser extremamente barulhentos e cantar muito cedo pela manhã. Alguns novos tutores simplesmente não sabem o quão barulhentos eles podem ser e acabam abrindo mão das aves. Além de abandonadas, ainda têm que encontrar um novo lar.

Cerca de 500 mil aves são mantidas como animais domésticos no Reino Unido. Muitas famílias ficam sabendo de como as galinhas são animais dóceis, inteligentes e carinhosos e acabam adotando as aves sem se atentar à responsabilidade envolvida no processo.

O British Hen Welfare Trust (Fundo de Bem-estar das Galinhas) disse ao The Daily Telegraph que havia realojado cerca de 740 mil aves desde 2005.

Um porta-voz da entidade acrescentou: “Recebemos um grande número de telefonemas de pessoas que desejam realocar seus galos”.

Ao trazer um animal para casa e torná-lo um membro da família é importante saber que esse ser terá necessidades de saúde, bem-estar, alimentação, abrigo, remédios e cuidados que precisam ser atendidos.

Animais são vidas, seres capazes de sentir, amar, compreender, sofrer e ao abandoná-los eles sentem imensamente a rejeição, alguns acabam traumatizados, doentes de tristeza e muitos até morrem.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>