• Home
  • Justin Bieber é criticado por apoiar exploração animal ao comprar gatos

Justin Bieber é criticado por apoiar exploração animal ao comprar gatos

0 comments

A organização internacional de defesa animal PETA afirmou que o artista perdeu a chance de dar um bom exemplo aos fãs e seguidores de suas redes sociais


O cantor Justin Bieber foi criticado por apoiar a exploração de animais ao comprar dois gatos da raça savannah ao invés de optar pela adoção.

Reprodução/Instagram/Justin Bieber

O ato do cantor, que é um formador de opinião devido a sua popularidade, incentiva o comércio de animais, que os explora para reprodução e venda e que frequentemente os maltrata. Além disso, a atitude de Justin é prejudicial também para os animais resgatados de abandono e maus-tratos, que muitas vezes passam anos nas ruas ou em abrigos, à espera de um lar. Ignorando essa realidade, o cantor influencia seus fãs a também não cogitarem a adoção no lugar da compra.

Diante do caso, a organização internacional de defesa animal PETA enviou um comunicado ao jornal USA Today por meio do qual repudiou o ato do cantor.

De acordo com a entidade, o artista perdeu a chance de dar um bom exemplo aos fãs e seguidores de suas redes sociais. As críticas vieram à tona após Justin publicar uma foto dos dois gatos, que comprou como presente de casamento com Hailey Baldwin – objetificando os animais duas vezes, primeiramente ao comprá-los como se fossem mercadorias, depois ao tratá-los como presentes.

“Justin Bieber poderia inspirar fãs do mundo todo a adotarem gatos de algum abrigo para animais em vez de dar mais combustível para a demanda de gatos híbridos, contribuindo para a crise de superpopulação de animais e provando que, quando o assunto é ajudar na causa dos animais, sua posição é: ‘Eu não ligo'”, afirmou a vice-presidente da PETA, Lisa Lange, no comunicado encaminhado ao jornal.

O valor dos gatos comprados por Justin pode variar de US$ 15 mil a US$ 20 mil, o equivalente a cerca de R$ 80 mil. O alto custo dos animais revela outra faceta dessa história: lotados de animais, que geram gastos, os abrigos poderiam trabalhar de melhor forma, beneficiando seus resgatados e até resgatando novos animais, se essa quantia fosse direcionada a eles, como doação, ao invés de ser usada para perpetuar a exploração de seres sencientes.

Até o momento, Justin Bieber não se pronunciou a respeito das críticas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>