• Home
  • Ator Joaquin Phoenix classifica o ato de comer animais como absurdo e bárbaro

Ator Joaquin Phoenix classifica o ato de comer animais como absurdo e bárbaro

0 comments

O ativista vegano diz que não compreende como “as pessoas podem testemunhar o sofrimento dos animais e ficar insensíveis a ele”


 

Reprodução | Facebook/Animal Save Movement
Reprodução | Facebook/Animal Save Movement

Vegano de longa data, Phoenix – que interpreta o personagem principal no filme “Coringa” (com lançamento previsto para outubro) – falou recentemente de seu ativismo pelos direitos animais e dos motivos por trás de sua alimentação puramente baseada em vegetais desde os três anos de idade.

O vídeo foi postado no Facebook do grupo que atua em defesa dos direitos animais: Animal Save Movement.

“Eu e meus irmãos testemunhamos peixes sendo mortos de uma maneira realmente violenta e agressiva”, lembrou. “Era absolutamente óbvio que aquilo era algo de que não queríamos tomar parte ou apoiar. Para mim, isso parece óbvio. Não quero causar dor a outra criatura viva”.

Referindo-se à indústria de laticínios, ele acrescentou: “Eu não quero ser responsável por levar os filhos das vacas para longe delas”. Assim como um humano, para produzir leite, uma vaca deve primeiro dar à luz. Após o nascimento dos bezerros, eles geralmente são afastados de suas mães. Os bezerros machos são frequentemente vendidos para a indústria da vitela ou mortos. Segundo o Free From Harm, não haveria indústria de vitela sem a indústria de laticínios.

O ator falou também sobre as galinhas que são extremamente abusadas vivendo sob as condições de produção industrial. Em muitos casos, eles são engordadas para serem mortas em cerca de 42 dias. Durante esse período, seus corpos lutam para suportar o peso antinatural que alcançam. Phoenix disse: “Não quero ser responsável por forçá-las a ficarem presas dentro de gaiolas e engordar apenas para serem abatidas. É absurdo e bárbaro”.

Uma questão de escolha

Ele acrescentou: “Não entendo como as pessoas podem testemunhar isso e não serem afetadas por essas informações. Mas além de tudo, o efeito que isso tem sobre o meio ambiente é devastador. Então, para mim, o ativismo é a minha vida e sempre foi assim, é realmente uma das coisas mais importantes para mim”.

O ator frequentemente colabora com organizações de direitos animais. Recentemente, ele liderou um protesto público contra a crueldade contra animais em Toronto, poucas horas antes de receber o primeiro Tribute Actor Award no Festival de Cinema de Toronto.

Em colaboração com a campanha BeFairBeVegan, a Phoenix esteve presente na estação de metrô St. George, onde cartazes veganos foram afixados nas paredes detalhando o abuso de animais em várias indústrias.

“Ele está tão ocupado”, disse Anito Krajnc, do Toronto Pig Save, ao City News local de Toronto. “A única janela de tempo que ele tinha era das 15 às 17 horas, hoje e ele tem esse grande prêmio, mas ainda tirou um tempo para conhecer o BeFairBeVegan Toronto, porque isso é realmente muito importante para ele”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>