• Home
  • Projeto de lei visa proteger leões e outras espécies de caçadores

Projeto de lei visa proteger leões e outras espécies de caçadores

Leão-Africano-Observando

0 comments

Projeto de lei visa proteger espécies ameaçadas de extinção pela caça.


Por Heloiza Dias


Avança na Câmara dos Deputados dos EUA, projeto de lei que visa proteger a vida selvagem de animais ameaçados pela caça, como o leão africano e o tubarão. O Comitê de Recursos Naturais da Câmara dos Estados Unidos deu andamento a vários projetos de leis que restringem a importação de troféus de caça de leões e elefantes.

Leão-Africano-Observando
Fonte: Portal dos Animais

Os Estados Unidos é hoje, o maior país a importar troféus de caça no mundo, por isso, a importância de uma legislação que proíba essa prática absurda. A lei denominada “CECIL” Act, H.R. 2245, visa a conservação dos ecossistemas, cessando a importação de troféus.

Após o caso do assassinato do amado leão Cecil, que foi morto por um caçador em 2015, o projeto de lei ganhou visibilidade e visa proteger as importações de troféus de caça, principalmente, de países como Tanzânia, Zimbábue e Zâmbia.

“Leões e elefantes devem ser admirados enquanto vagam pela natureza, não com a cabeça pendurada na parede de alguém”, disse Stephanie Kurose – especialista em políticas de espécies ameaçadas de extinção do Centro de Diversidade Biológica.

Recentemente, o Centro de Diversidade Biológico descobriu que o Presidente Donald Trump, autorizou um caçador a importar um troféu de leão da Tanzânia, essa foi a primeira importação realizada desde 2016, onde os leões passaram a ser protegidos pela lei das espécies ameaçadas (ESA) de 1973.

O Comitê também aprovou a Lei de Eliminação de Vendas de Barbatanas de Tubarão (HR 737), que proíbe a importação, exportação, posse, comércio e venda de barbatanas de tubarão em todo o território dos Estados Unidos.

A Lei de Segurança Pública (HR 1380), também foi aprovada e proíbe indivíduos de possuir grandes felinos como animais de estimação. Tigres, leões e pumas, muitas vezes são mantidos em condições abusivas e inseguras, apresentando risco para o próprio animal e para as pessoas ao redor.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>