• Home
  • Filhote de baleia jubarte é salvo após ficar preso em rede de pesca

Filhote de baleia jubarte é salvo após ficar preso em rede de pesca

0 comments

Casos de baleias emaranhadas na costa australiana não são raros, muitos deles não tem a mesma sorte que o bebê baleia deste resgate, cuja mãe permaneceu ao lado todo o tempo aguardando sua libertação


 

Foto: Nine
Foto: Nine

Um filhote de baleia jubarte foi libertado depois de ficar preso em uma rede de pesca.

A baleia bebê foi capturada pelo equipamento em Laguna Bay, em Noosa, Queensland, na Austrália, antes de ser resgatada na quinta-feira (26) de manhã.

Imagens de vídeo mostram a Equipe de Liberação de Animais Marinhos da Patrulha de Pesca e Barcos de Queensland em um barco tentando libertar o animal de onde estava preso.

A baleia se debatia enquanto os socorristas usavam um bastão com uma lâmina grande presa na ponta, na tentativa de ajudar a desembaraça-la.

Eventualmente, a baleia foi resgatada e nadou pela rede se soltando sem problemas.

A baleia era um filhote de jubarte, de acordo com a ABC.

O oficial da Patrulha de Pesca e Barcos de Queensland, Guy Ely, disse ao Daily Mail Austrália que a baleia foi solta às 9h45, depois do incidente ser relatado às 7h.

“A baleia estava respirando e em um estado calmo enquanto estava sendo libertada. Ela nadou vigorosamente com sua mãe que a estava esperando nas proximidades”, disse Ely.

“O resgate bem-sucedido de hoje é mais uma demonstração da experiência de nossas equipes do MART, localizadas em Mackay, Sunshine Coast e Gold Coast, que são muito hábeis em técnicas de liberação segura para esses animais”.

Foto: @SEVEN
Foto: @SEVEN

A mãe da baleia jubarte estava por perto durante toda a operação e os dois cetáceos nadaram juntos depois que o filhote foi solto.

Os usuários de mídias sociais que assistiram ao vídeo demonstraram revolta com o fato da majestosa criatura ter sido apanhada na rede de pesca.

“Vamos fazer uma petição ao conselho para remover as redes”, comentou uma pessoa.

Foto: Facebook
Foto: Facebook

Outro disse: “Remova as redes estúpidas na temporada de baleias! Geralmente, não há ninguém nadando, porque está muito frio”.

Uma terceira pessoa compartilhou o sentimento dos demais e disse que as redes precisavam ser removidas devido aos danos que causam aos animais marinhos.

Ely disse que os emaranhamentos de baleias são raros, com apenas 55 dos mamíferos marinhos presos desde 2006 e o MART não conseguiu resgatar apenas dois deles.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como
esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>