• Home
  • Elefantes que o Projeto de Direitos Não-humanos tentava proteger morrem após anos de exploração

Elefantes que o Projeto de Direitos Não-humanos tentava proteger morrem após anos de exploração

elefante-desmaiado-na-grama

0 comments

Elefantas morrem após anos de exploração por empresas do ramo no entretenimento.


Por Heloiza Dias


Aos 54 anos de idade, a elefanta Beulah faleceu após desmaiar repetidas vezes em uma feira que ocorre em Massachusetts, nos Estados Unidos.

elefante-desmaiado-na-grama
Foto por: Gigi Glendinning

A feira “The Big E” utiliza animais para entretenimento do seu público e há anos trava uma batalha judicial com a Nonhuman Rights Project (Projeto de Direitos Não-humanos) que exige a libertação de animais, como Beulah.

A Nonhuman Rights Project é uma organização norte-americana sem fins lucrativos que busca mudar o status legal de animais que são mantidos como propriedade de pessoas, com o objetivo de garantir a saúde e a liberdade deles.

“Ela nunca teve a chance de viver”, disse o Nonhuman Right Project em comunicado em seu site.

A organização argumenta que Karen também morreu sob cuidados do zoológico de Commerford. Beulah, Karen e Minnie foram vítimas de empresas que só visam o lucro em cima da vida animal.

elefante-sendo-acoitado-por-homem-branco-carregando-crianças
Foto por: Gigi Glendinning

Nenhum desses animais teve a chance de viver livremente, como elefantes por exemplo. Todos eles foram condicionados a situações de extrema crueldade, servindo apenas para exploração dessas empresas.

“Nossa luta é para garantir o reconhecimento do direito à liberdade desses animais, para que eles possam ser enviados a um santuário, antes que a liberdade deles seja encontrada somente na morte.”


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>