• Home
  • Transferência dos ursos Dimas e Kátia de zoo para santuário é iniciada

Transferência dos ursos Dimas e Kátia de zoo para santuário é iniciada

0 comments

A transferência dos ursos Dimas e Kátia do Zoológico de São Francisco de Canindé, no Ceará, para o Rancho dos Gnomos, em Joanópolis, no interior de São Paulo, foi iniciada nesta quarta-feira (28).

Kátia e Dimas no zoológico (Foto: Alex Pimentel/SVM)

Os ursos serão transportados em uma carreta até Fortaleza. Um deles seguirá direto para o Aeroporto Pinto Martins e o outro ficará em um quartel do Exército até quinta-feira (29), quando será transferido. A responsável pelo transporte aéreo é a TAM e a segurança do transporte ficará sob responsabilidade do Exército e da Guarda Municipal. As informações são do portal O Povo.

Decisão judicial

Em junho, uma liminar da juíza Tássia Fernandes Siqueira determinou a transferência dos ursos. De acordo com a magistrada, “apesar de todo o carinho e cuidados que os animais recebem junto ao requerido, possuindo uma história no zoológico e também na própria cidade, tradicionalmente devota de São Francisco, há um fato insuperável: a alta temperatura inerente à região. E, quanto ao ponto, apesar de toda receptividade e cordialidade do querido povo cearense, é de se reconhecer que dois ursos de um habitat natural inversamente oposto ao seu não possuem capacidade de adaptação tamanha a modificar sua própria natureza”.

Tássia ressaltou que “se há atualmente uma possibilidade de reduzir o desconforto gerado em decorrência das altas temperaturas, proporcionando aos animais plena liberdade para expressar seu comportamento natural, esse deve ser o caminho também natural para o caso concreto”.

A magistrada citou ainda a exploração e o sofrimento aos quais os dois ursos, que foram vítimas de um circo, foram submetidos. Segundo ela, Dimas e Kátia “são animais selvagens retirados da natureza de forma abrupta, torturados, submetidos a diversos atos verdadeiramente desumanos, em tempos em que forçados a promover ‘espetáculos’ circenses, como se ação humana que cause tanta dor a outros seres vivos fosse engraçada ou motivo de riso. Por tempo foi, infelizmente, mas ao menos quanto a isso a sociedade evoluiu (em tese), para perceber com maior sensibilidade a crueldade que permitida e aplaudida. A liberdade é da essência animal. E é da essência do Poder Judiciário a garantia de direitos fundamentais, inclusive ao meio ambiente, razão pela qual tenho que deve ser permitido aos ursos Dimas e Kátia o exercício pleno de seu direito natural”.

Uma parede teve que ser quebrada para fazer a retirada dos ursos do local. Eles devem chegar em Fortaleza na noite desta quarta-feira (28).


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>