• Home
  • Justiça absolve acusada de maltratar cão que participou de julgamento na Costa Rica

Justiça absolve acusada de maltratar cão que participou de julgamento na Costa Rica

0 comments

Uma mulher acusada de maltratar um cachorro na Costa Rica foi absolvida pela Justiça. O julgamento repercutiu por ter sido o primeiro na América Latina em que um animal esteve no tribunal na condição de vítima.

Foto: Ezequiel Becerra/AFP

As audiências foram realizadas na segunda-feira (22) e na sexta-feira (26). Campeão, como é chamado, foi mantido em uma sala, na cidade de Atenas, ao lado de várias pessoas, e se manteve de maneira dócil e comportada.

O cão foi resgatado pela presidente da Fundação Ateniense de Ajuda a Animais Abandonados, Dora Castro, quando tinha seis meses de idade. Desnutrido e repleto de pulgas, ele foi encontrado preso em uma corda que estava bastante apertada no pescoço. As informações são da agência AFP.

O resgate foi realizado após o irmão da ex-tutora do cachorro acionar a ONG. O depoimento dele, no entanto, que era considerado fundamental no julgamento, não ocorreu porque ele não compareceu à audiência.

O juiz Mario Rodríguez reconheceu que o cachorro sofreu maus-tratos, mas afirmou que não havia elementos suficientes para condenar a acusada.

Na Costa Rica, um lei que entrou em vigor recentemente pune casos de crueldade cometidos contra animais com prisão de seis meses a dois anos, além de multa. Segundo a imprensa local, a punição é aumentada para três anos de prisão caso o animal morra.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>