• Home
  • Madeireiros incendeiam pontes da Transamazônica em retaliação ao Ibama

Madeireiros incendeiam pontes da Transamazônica em retaliação ao Ibama

0 comments

Madeireiros que atuam junto à exploração ilegal de madeira incendiaram duas pontes da Transamazônica (BR-230) na segunda-feira (15). A ação, feita em retaliação a uma operação de fiscalização do Ibama, foi realizada em Placas (PA).

Foto: YouTube/reprodução

Pneus e madeira foram usados para queimar as pontes. Dezenas de pessoas participaram da ação, bloqueando a rodovia nos dois sentidos e praticamente impedindo o acesso à cidade de Placas.

Uma equipe do Ibama que estava na cidade teve que contar com escolta da Polícia Civil. As informações são do portal O Tempo.

Essa não é a primeira vez que ações do tipo são realizadas. No dia 4 de julho, um caminhão-tanque a serviço do Ibama foi queimado durante uma operação contra extração ilegal na Terra Indígena Zoró, em Espigão d’Oeste (RO). Em resposta, as 47 madeireiras da cidade foram embargadas pelo órgão. O senador Marcos Rogério (DEM) tentou retirar o embargo, mas até o momento não obteve sucesso.

Sob condição de anonimato, fiscais do órgão admitem que a fiscalização tem sido mais arriscada desde que Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito, isso porque o discurso e as atitudes do presidente incentivam retaliações ao Ibama.

Crítico do órgão, Bolsonaro acusa o Ibama de promover uma “indústria de multa”, acusação sem qualquer fundamento, visto que as multas são corretamente aplicadas para punir crimes ambientais. O presidente escolheu ainda, como ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que tem promovido, sob o aval presidencial, um desmonte da agenda ambiental do país. 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>