• Home
  • Organização vegana internacional pede fim do consumo de perus no Natal

Organização vegana internacional pede fim do consumo de perus no Natal

0 comments

A caridade vegana Viva! realizou um pedido para que pessoas abandonem pratos com perus neste Natal, em uma tentativa de reduzir o sofrimento dos animais.

De acordo com a instituição, todo ano dois milhões de perus morrem no Reino Unido somente em dezembro.

“A maioria dos perus nunca vai ver o ar livre, ao invés de viver em galpões apertados e sujos, incapazes de exibir comportamentos naturais”, acrescenta a instituição de caridade.

“A mutilação é uma prática padrão em muitas fazendas; cortar o final de seus bicos para evitar comportamentos induzidos pelo estresse, como bicos de penas e canibalismo”.

A organização visitará três cidades do Reino Unido, Swansea, Leicester e Southampton, para aumentar a conscientização sobre a inteligência emocional e o comportamento complexo dos perus.

Dois milhões de perus morrem anualmente apenas no Reino Unido no mês de dezembro (Foto: Pixabay)

Ela também distribuirá amostras grátis de peru vegano fornecidas pela VBites, que é de propriedade do empreendedor, atleta e patrão da Viva!, Heather Mills.

A instituição afirma também que irá se concentrar em uma mensagem positiva durante seus eventos de Natal, compartilhando fatos surpreendentes sobre os perus, como eles são inteligentes e sua vocalização complexa.

“Os perus são incrivelmente complexos, criaturas sociais que podem viver até 10 anos de idade na natureza”, disse Juliet Gellatley, fundadora e diretora da Viva!, à Plant Based News.

“Mais de 90% dos perus criados para o consumo de sua carne são criados na fábrica. Suas vidas curtas são cheias de sofrimento e dor”.

Ela conta que os animais são criados seletivamente para crescerem mais rápido e ficarem maiores do que seu corpo pode suportar, e muitos sofrem distúrbios agonizantes nas pernas, ficando incapazes de alcançar comida ou água.

Os perus sobreviventes a essas condições são mortos com apenas alguns meses de idade.

“A agricultura e o assassinato de perus vai contra tudo o que o Natal deve representar. É uma época de paz e boa vontade, e por isso acreditamos que não há melhor maneira de celebrar do que estender sua compaixão a todos os animais”, defende Gellatley.

“Estamos pedindo aos consumidores que se tornem veganos e tragam paz para todos nesse Natal”.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>