• Home
  • Elefante que perdeu a perna em explosão de mina terrestre ganha prótese sob medida

Elefante que perdeu a perna em explosão de mina terrestre ganha prótese sob medida

0 comments

Mosha no santuário na Tailândia, onde também funciona o primeiro hospital para elefantes do mundo | Foto: Friends of the Asian Elephant Foundation
Mosha no santuário na Tailândia, onde também funciona o primeiro hospital para elefantes do mundo | Foto: Friends of the Asian Elephant Foundation

Quando Mosha, um elefante asiático, tinha apenas sete meses de idade, pisou em uma mina terrestre perto da fronteira entre a Tailândia e a Birmânia.

O bebê elefante foi levado imediatamente para o hospital veterinário e entrou às pressas em cirurgia. Os veterinários conseguiram salvar a vida dela, mas infelizmente grande parte de sua perna teve que ser amputada.

Os veterinários sabiam que Mosha não sobreviveria na natureza com três pernas, e por isso trouxeram-na para a Friends of the Asian Elephant Foundation (Fundação Amigos do Elefante Asiático, na tradução livre), onde também funciona o primeiro hospital para elefantes do mundo. A elefoa rapidamente se instalou no santuário e fez amizade com os outros elefantes.

Conforme Mosha crescia, ficava evidente que ela estava pendendo para um dos lados de seu corpo. Ela estava colocando dois terços de seu peso na pata dianteira esquerda, e estava começando a se inclinar anormalmente para este lado o que levou os funcionários do santuário a ficarem preocupados com ela.

Quando Mosha fez dois anos de idade, o santuário decidiu chamar o cirurgião ortopedista Therdchai Jivacate. O dr. Therdchai é um mestre em próteses, tendi produzido mais de 20.000 membros para humanos e pequenos animais como cães e gatos. Porem, o especialista nunca havia feito um membro protético para um elefante antes, mas isso não o intimidou e ele decidiu que estava pronto para o desafio.

“A maneira como ela andava era desequilibrada e sua coluna ia se curvar”, disse o dr. Therdchai. “Ela teria morrido”, conclui ele.

O cirurgião-ortopedista dirigiu-se ao santuário e iniciou o processo de criação do primeiro membro protético de elefantes. Foram necessárias muitas tentativas e também erros, mas Therdchai conseguiu criar uma perna confortável e que aguentasse o peso de Mosha.

Quando o especialista colocou a prótese pela primeira vez em Mosha, ela ficou confusa e tentou arrancá-la de si com a tromba. Demorou em torno de doze horas para que Mosha aprendesse a andar com a perna protética, mas logo ficou evidente que ela adorava sua nova perna.

Havia apenas um problema: Mosha rapidamente superou o peso que seu membro protético poderia suportar.

Em poucos anos, ela passou de 1300 libras (cerca de 589 kg) para mais de 4000 libras (aproximadamente 1.800 kg). Mas isso não se tornou um problema pois Therdchai ficou feliz em fazer outro membro para ela. E quando ela superou esse membro, ele fez outra.

Nos últimos quinze anos, Mosha passou por mais de nove membros em prótese. Therdchai faz melhorias cada vez que cria um novo membro. Agora, os membros protéticos são muito mais resistentes e conseguem manter o peso de Mosha equilibrado.

“Mosha parece se lembrar de Therdchai. Ela fica animada toda vez que ele vem nos visitar”, conta a equipe do santuário

“Os animais não tem como pedir que façamos próteses de pernas para eles, mas eu realmente queria presentear Mosha com uma”, disse o dr. Therdchai. “Eu acho que ela sabe que sou eu que faço suas próteses, pois cada vez que eu vou ao hospital de elefantes ela faz uma pequena saudação levantando a tromba no ar.”

Em abril de 2018, Mosha recebeu sua mais nova perna protética. Ela agora já é capaz de andar sobre a perna nova como uma profissional.

Mosha e dr. Therdchai juntos: "ela procura pelos doces nos meus bolsos", confessa ele
Mosha e dr. Therdchai juntos: “Ela procura pelos doces nos meus bolsos”, confessa ele

O dr. Therdchai é um cirurgião ortopédico excelente e um ser humano cheio de compaixão, ele deu a Mosha a chance de correr e brincar com todos os outros elefantes. Muitos teriam se calado, se omitido ou fingido que não era com eles, mas o poder de uma simples atitude positiva, pode mudar o rumo de várias vidas.

“Eu acho que isso significa muito para ela, pois agora ela pode ter uma vida normal, como deveria ser”, finaliza ele.

Para saber mais sobre o dr. Therdchai e Mosha, confira o vídeo abaixo:

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>