• Home
  • Cerca de 30% dos consumidores britânicos são veganos ou consideram optar pelo veganismo

Cerca de 30% dos consumidores britânicos são veganos ou consideram optar pelo veganismo

Pessoa vegade vegetais

0 comments

Está diminuindo cada vez mais o número de jovens britânicos consumidores de produtos de origem animal. De acordo com um estudo realizado pela instituição de pesquisa e treinamento, voltada para a indústria alimentícia, IGD, 30% dos jovens entre 18 e 24 anos são veganos ou pretendem optar pelo veganismo. Esta estatística reflete o crescente interesse em dietas à base de vegetais. Além disso, mais de dois terços (68%) dos jovens nesta faixa etária dizem seguir uma dieta vegana, vegetariana ou semivegetariana. Esse número cai para 52% ao considerar respostas de pessoas de todas as idades.

Veganos realizando a compra de vegetais.
Foto: Pixabay

A motivação dos entrevistados varia de acordo com a idade. 45% dos consumidores optaram reduzir o consumo de carne por motivos de saúde, 41% por razões éticas e 30% motivados pelo meio ambiente. Os consumidores mais jovens, com idade entre 18 e 24 anos, são os mais motivados por razões éticas (51%) e ambientais (48%). Os jovens motivados pela perda de peso, aparência ou saúde somaram 25%.

“Estamos vendo um número crescente de pessoas adotando uma abordagem mais flexível de suas dietas, seja apenas para uma refeição ou um dia por semana, os consumidores estão escolhendo cada vez mais uma dieta vegana, vegetariana ou semivegetariana”, Vanessa Henry, gerente de marketing da IGD.

“Essa mudança de hábito dos consumidores ocorre por diferentes razões. As motivações podem estar ligadas a ter uma vida mais saudável, adotar uma postura ética ou reduzir os impactos no meio ambiente causados pela indústria da carne. Alguns consumidores também alegam que os novos hábitos ajudam a reduzir os gastos com alimentos.

Henry acrescentou que os dados mostraram que os consumidores mais jovens são os mais propensos a seguir ou considerar um estilo de vida vegano. Ela descreve esse dado como algo previsível, levando em consideração que os jovens são os mais engajados socialmente.

“Com o aumento de celebridades e influenciadores da saúde compartilhando receitas e dicas veganas on-line, bem como a crescente popularidade de movimentos como o Veganuary e as segundas sem carne, a tendência é que o interesse dos jovens em adotar este estilo de vida continue crescendo à medida que os produtos baseados em vegetais se tornam ainda mais populares”, acrescentou.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>