• Home
  • ‘Acabou com a gente’, diz tutora de cão morto a tiros em carreata na Bahia

‘Acabou com a gente’, diz tutora de cão morto a tiros em carreata na Bahia

0 comments

A tutora de um cachorro que foi morto a tiros no último domingo (30) durante uma carreata pró-Bolsonaro em Muniz Ferreira (BA) lamentou o ato de violência cometido contra o animal por um homem que participava da manifestação. “Acabou com a gente”, disse dona Delina Maltez.

(Foto: Delina Maltez/Arquivo Pessoal)

Delina afirmou ao G1 que estava em casa quando decidiu assistir a carreata que passava na rua. Marley e os outros três cachorros tutelados pela família acompanhavam a tutora e começaram a latir ao ver os carros. Foi então que, segundo Delina, um homem que participava do movimento se incomodou com o barulho dos cães e atirou.

“Um homem saiu do carro e deu um tiro no pé do Marley e, depois que o cachorro correu, ele deu mais dois tiros. Eu pedi, não atire, não atire! Mesmo assim, ele deu mais dois tiros. Meu cachorro correu para dentro de casa e quando vimos, estava morto no chão”, contou a tutora.

Segundo Delina, Marley era o companheiro do filho dela, um rapaz de 18 anos que encontrou conforto no cachorro após passar por um momento difícil com a morte do pai. “Ele estava muito triste, o pai dele era tudo para ele. O Marley passou a ser o companheiro e agora o menino não come direito, toda hora lembra dele”, lamentou.

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

A tutora lembra que Marley nunca havia mordido ninguém. “Ele era dócil, brincava. Era um cachorro que obedecia a todos”, disse.

De acordo com a Polícia Civil, o responsável pela morte do cachorro se apresentou na delegacia da cidade. Após ser ouvido, ele foi liberado. A tutora de Marley também prestou depoimento. O caso continua a ser investigado.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>