• Home
  • Cerca de 70 ativistas são presos após tentarem dar assistência médica a galinhas

Cerca de 70 ativistas são presos após tentarem dar assistência médica a galinhas

0 comments

67 ativistas veganos foram presos após a tentarem fornecer atendimento médico de emergência a frangos de uma granja nos Estados Unidos.

A ação ocorreu na McCoy Poultry Services, Inc e teve liderança de Wayne Hsiung, co-fundador da Direct Action Everywhere (DXE).

Após denúncias dos trabalhadores locais que afirmaram que os animais estavam famintos por comida e água e com fraturas em seus membros, a organização decidiu  montar uma unidade de triagem médica fora da fazenda.

Entretanto, a chegada dos ativistas não foi bem recebida e a polícia decidiu prendê-los.

De acordo com Hsiung, esta foi a primeira vez que a organização tentou levar assistência médica a uma fazenda ao invés de trazer animais para fora da propriedade.

Trabalhadores da fazenda afirmaram que galinhas estavam com fome e sede e muitas delas com membros quebrados (Foto: Plant Based News)

A organização realizou um vídeo ao vivo no Facebook sobre a ação.

No vídeo, um trabalhador da agricultura animal pode ser visto no vídeo xingando os ativistas e chamando-os de “aberrações”, além de podermos ouvir também gritos de insultos homofóbicos.

A ação pacífica, liderada pela Direct Action Everywhere (DXE) foi repreendida e ativistas foram presos (Foto: Plant Based News)

Falando para os telespectadores, Hsiung disse: “O que estamos pedindo deles é fazer a coisa certa, fazer o que é exigido por lei, fazer a coisa que é ajudar a salvar esses animais”.

Ele acrescentou: “Quando confrontamos o mal e a violência dessas corporações com nosso amor e compaixão, podemos mudar o mundo”.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>