• Home
  • Mais de 14 mil porcos são mortos na China por ameaça de febre suína

Mais de 14 mil porcos são mortos na China por ameaça de febre suína

0 comments

Milhares de porcos foram mortos em uma cidade no Leste da China após um suposto surto de febre suína africana, que estaria se espalhando para países vizinhos. A ação foi realizada após o primeiro caso ter sido registrado em Pequim no início de agosto e desde então o vírus teria se espalhado para várias outras cidades.

Estima-se que cerca de 15 mil porcos tenham sido condenados à morte. Segundo as autoridades locais, os animais foram isolados em uma área de quarentena e mortos. O vírus responsável pela doença não é nocivo a seres humanos, mas provoca febre hemorrágica nos animais, que costumam ter uma morte lenta e agonizante.

Foto: Pixabay

O principal responsável pela rápida e exponencial contaminação é o confinamento dos animais e sua reprodução em larga escala para atender a demanda do consumo humano. Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês), metade dos porcos de todo o mundo são criados e consumidos apenas na China.

Um estudo divulgado pela The International Journal of Comparative Psychology afirma que porcos são animais extremamente sensíveis e inteligentes podendo ser comparados a chimpanzés e crianças humanas. Eles são capazes de expressar emoções complexas, possuem ótima memórias e demonstram empatia por outros membros de sua espécie.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>