• Home
  • Ação humana altera meio ambiente e causa câncer em animais silvestres

Ação humana altera meio ambiente e causa câncer em animais silvestres

0 comments

A ação humana no meio ambiente tem gerado alterações na natureza que estão causando tumores malignos em populações de animais silvestres, segundo um grupo de pesquisa da School of Life Sciences da Arizona State University, dos Estados Unidos. O estudo foi publicado na Nature Ecology & Evolution.

Os animais têm encontrado dificuldade para suportar o comportamento destrutivo dos seres humanos.

(Foto: Divulgação)

“Sabemos que alguns vírus podem causar câncer em humanos, modificando o ambiente em que vivem [nossas células]” – explicou Tuul Sepp, co-autor da pesquisa. “Basicamente, estamos fazendo a mesma coisa: estamos alterando o ambiente para torná-lo mais adequado para nós, mas essas mudanças estão tendo um impacto negativo em muitas espécies e em muitos níveis diferentes, incluindo a probabilidade de desenvolver câncer”, completou.

De acordo com o estudo, entre os fatores de responsabilidade humana que alteram o meio ambiente a ponto de causar câncer nos animais estão: poluição química e física nos oceanos e vias navegáveis, liberação acidental de radiação para a atmosfera por instalações nucleares, acumulação de microplásticos nos ambientes terrestres e aquáticos, exposição a pesticidas e herbicidas em terras agrícolas e poluição luminosa. As informações são do portal Greenme.

“O câncer foi encontrado em todas as espécies em que os cientistas o buscaram e as atividades humanas são conhecidas por influenciar fortemente a taxa desta doença nos seres humanos”, disse Sepp. “Então, o impacto humano sobre o ambiente natural pode afetar fortemente a prevalência de câncer em populações silvestres, com maiores consequências para o funcionamento dos ecossistemas”, acrescentou.

(Foto: Divulgação)

O fato dos animais silvestres estarem, cada vez mais, entrando em contato com alimentos destinados aos seres humanos também tem criado desequilíbrios que podem levar ao desenvolvimento de tumores. Além da poluição luminosa, que é cancerígena para os animais. A luz noturna, inclusive, leva ao desenvolvimento do câncer inclusive em humanos, por meio de alterações hormonais.

O próximo passo, segundo os pesquisadores, será medir a taxa de câncer em população selvagens, em forte presença ou ausência humana. Os autores do estudo já tentam desenvolver biomarcadores úteis para essa finalidade.

“Para mim, a coisa mais triste é que já se sabe o que fazer”, afirmou Sepp. “Não devemos destruir o habitat dos animais selvagens, poluir o meio ambiente e alimentar os animais selvagens com a alimentação humana. O fato de todo mundo já saber o que fazer, e ninguém estar fazendo nada, torna a situação ainda mais desesperadora”, lamentou.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>