• Home
  • Homem descobre que raposa entregava jornais em sua casa todos os dias

Homem descobre que raposa entregava jornais em sua casa todos os dias

0 comments

Inexplicavelmente, um rapaz chamado James Eubanks, morador de uma cidadezinha no estado da Carolina do Norte, nos EUA, começou a receber jornais todos os dias em sua casa. Ele não havia feito nenhuma solicitação que se recordasse, e ficou extremamente intrigado com a situação – alguns dias era apenas um exemplar, em outros, cerca de 10 apareciam em seu quintal.

Como se as entregas de jornais não fossem malucas o suficiente, com o passar dos dias Eubanks passou a encontrar listas telefônicas junto. Até que um dia chegaram nove listas – muito mais do que ele precisaria, caso tivesse solicitado. Foi então que ele decidiu desvendar este mistério.

Reprodução | The Dodo

Para aprofundar a busca, era importante primeiro descobrir o que é que vinha acontecendo em seu quintal durante as noites e, para isso, ele instalou câmeras de vigilância com sensor de movimento. Dessa maneira, ele poderia pegar quem fosse que estivesse invadindo sua casa para deixar-lhe os jornais e listas em flagrante. “Mistério resolvido!” Eubanks exclamou em um post no Facebook.

Pela sua cabeça, passavam milhares de possibilidades, e ele conseguia criar diversas histórias para explicar aquela inusitada situação. Mas o que realmente acontecia, ele não estava esperando: quem passava em sua casa regularmente era uma raposa cinza – ou melhor, um grupo de raposas cinzentas.

Reprodução | The Dodo
Reprodução | The Dodo

“Sem as fotos, ninguém acreditaria nisso. Garanto a vocês”, disse Eubanks em uma entrevista concedida ao canal FOX 8 News de Winston-Salem. As imagens foram publicadas em seu perfil pessoal do Facebook, um pouco borradas, mas que mostravam exatamente a silhueta de uma raposa carregando sua última entrega.

Apesar de ter acalmado a sua curiosidade sobre quem era o indivíduo que passava diariamente pela sua casa, o rapaz acabou criando mais uma questão em sua cabeça. Como por exemplo, por que essas raposas continuavam trazendo jornais e listas telefônicas para James Eubanks?

Reprodução | The Dodo

Outra questão ainda mais intrigante é: de onde viriam aquelas entregas? E a única coisa que Eubanks consegue desejar é que ele não seja o único afetado por essas entregas indesejadas. Afinal, os documentos que as raposas levavam até ele, tiveram que vir de algum lugar, e neste lugar provavelmente existiam assinantes que aguardavam ansiosamente pelos produtos pedidos que nunca chegavam até lá.

De uma forma ou de outra, com a repercussão da notícia na mídia local, é bem provável que essa revelação trará alívio para um jornaleiro local que pode ou não estar recentemente desempregado, já que, ao nascer do sol, as suas entregas nunca estavam aonde deveriam estar.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>