• Home
  • Microplástico é proibido oficialmente no Reino Unido

Microplástico é proibido oficialmente no Reino Unido

0 comments

O Reino Unido proibiu a fabricação de produtos que contenham microplástico. Essas partículas de plástico com menos de um um milímetro estão frequentemente em cosméticos, produtos de higiene pessoal, na biomedicina e em em pesquisas de saúde e ciência.

Cosméticos e produtos de higiene pessoal frequentemente possuem microplástico.
Cosméticos e produtos de higiene pessoal frequentemente possuem microplástico. Foto: Reprodução

A proibição objetiva reduzir os efeitos negativos do material sobre o meio ambiente, principalmente nos oceanos. A lei proibirá que todos os fabricantes do país desenvolvam produtos enxaguáveis ​​que contenham essas minúsculas, mas perigosas, partículas de plástico.

Por causa de seu tamanho, esses pedaços de plástico podem facilmente passar pelo ralo e por filtros, e acabar no mar. Lá eles se acumulam e causam danos ao meio ambiente e à vida selvagem.

Um relatório divulgado pelo House of Commons Environmental Audit Committee em 2016 descobriu que aproximadamente 100.000 microesferas podem ser liberadas no oceano a partir de apenas um único banho.

“Essas partículas podem ser minúsculas, mas são letais para criaturas marinhas e totalmente desnecessárias”, disse o secretário ambiental do país, Michael Gove. “Nós lideramos o caminho ao proibir esses pedaços de plástico tóxico, mas isso não é o fim da nossa luta. Vamos agora avançar com as nossas propostas para proibir outros plásticos prejudiciais, como os canudos. ”

A Dra. Sue Kinsey, diretora sênior de política de poluição da Marine Conservation Society, saudou a nova legislatura, chamando-a de “a proibição mais forte e abrangente a ser promulgada no mundo até agora” e enfatizando que ela ajudará a reduzir o fluxo de microplásticos nos oceanos.

Os varejistas da Inglaterra e da Escócia não poderão mais vender produtos contendo microplástico, mas isso não significa que produtos como esfoliantes desaparecerão. Muitas empresas de cosméticos oferecem alternativas que contêm ingredientes naturais e que servem ao mesmo propósito sem causar danos para o meio ambiente.

A cobrança da sociedade e o apoio das autoridades é essencial para a criação de leis e regulamentos que diminuam o impacto do ser humano no planeta.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>