• Home
  • Ativistas e membros do Parlamento se unem na luta para acabar com o comércio de peles no Reino Unido

Ativistas e membros do Parlamento se unem na luta para acabar com o comércio de peles no Reino Unido

Ativistas protestam nas ruas pelo fim do comércio de peles no Reino Unido | Foto: PETA UK

0 comments

Ativistas protestam nas ruas pelo fim do comércio de peles no Reino Unido | Foto: PETA UK
Ativistas divulgam a campanha #FurFreeBritain, pelo fim do comércio de peles na Grã-Bretanha | Foto: PETA UK

A proibição definitiva do comércio de peles de animais, realizado por meio de importações, uma vez que as fazendas de pele já são proibidas no Reino Unido, estará em debate dia 04 de junho. Duas organizações de defesa dos direitos animais, a Humane Society International (HSI, na sigla em inglês) e a Open Cages acompanhadas de alguns membros do Parlamento britânico, David Drew, Kerry McCarthy e Roger Gale, se reuniram em Westminster, agora em maio para discutir o assunto, unir esforços e divulgar a campanha pelo fim definitivo desse tipo de comércio.

O argumento utilizado pelas ONGs se apoia na proibição, em vigor a quase vinte anos no Reino Unido, das fazendas de comércio de pele. Isso tornaria a importação de peles eticamente inconsistente, defendem as ONGs. O argumento do bem-estar animal, acima de qualquer outro interesse comercial, é mais do que suficiente e fundamentado o bastante para sustentar o pleito, acreditam as Organizações envolvidas.

No encontro foram circuladas várias imagens e fotos de diversas fazendas onde são extraídas peles de animais para venda. “Evidências claras de sofrimento animal foram descobertas e compiladas dessas investigações em centenas de fazendas de pele, em diferentes países, em mais de três continentes, desde 2008”, denuncia a ONG.

Os membros do Parlamento aproveitaram a ocasião para tirar fotos com banners da campanha #FurFreeBritain (Grã-Bretanha livre de pele, na tradução livre). A campanha foi criada pelas duas ONGs presentes no encontro com o objetivo de divulgar a ação e acabar definitivamente com todo o comércio de peles no país.

David Drew membro do Parlamento no Reino Unido adere a campanha para o fim do comercio de peles

Segundo Claire Bass, diretora executiva da HSI, a campanha ganhou força com a presença dos membros do Parlamento, que enxergam mais do que apenas o aspecto político desse comércio cruel, como também uma representação genuína dos interesses do povo Bretão, que em sua vasta maioria, apoia o fim dessa atividade.

“Esta na hora do Reino Unido assumir uma posição definitiva com relação ao comércio de peles de animais no país” cobra a ativista apontando para os cartazes presentes no evento.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>