• Home
  • Com escassez de voluntários, ONG Patas Dadas anuncia que não recolherá novos animais

Com escassez de voluntários, ONG Patas Dadas anuncia que não recolherá novos animais

0 comments

Cusco Pics / Reprodução

É crítica a situação vivida pela Patas Dadas, uma das mais conhecidas ONGs de proteção aos cachorros em Porto Alegre. Com escassez de voluntários e o canil lotado, o grupo anunciou que não receberá novos animais.

Segundo Gabriela Pereira, voluntária do projeto, as dificuldades aumentaram nos últimos dois meses. Como os cães resgatados precisam de tratamento veterinário, as dívidas começaram a se acumular. Embora tenha clínicas parceiras, a ONG não recebe nenhum tipo de desconto, apenas uma flexibilidade maior na hora do parcelamento.

“Em alguns casos, a conta por uma internação chega a R$ 2 mil”, relata Gabriela.

Hoje, a equipe de voluntários é de aproximadamente 50 pessoas. O ideal seria, no mínimo, cem. Gabriela destaca que o Patas Dadas precisa de pessoas que possam ajudar na limpeza do canil, no passeio com os animais, na divulgação da causa e no transporte dos cachorros que necessitam ser levados ao veterinário e feiras de adoção.

Enquanto não consegue reverter a situação, a ONG implora para que as pessoas não deixem animais na porta do canil.

“Temos 48 baias, e todas estão ocupadas. No momento, não conseguimos resgatar mais nenhum”, lamenta Gabriela.

Quem quiser se voluntariar, pode entrar em contato pelo e-mail voluntarios@patasdadas.com.br. Interessados em se cadastrar para ajudar na rotina de passeios podem utilizar o e-mail passeios@patasdadas.com.br, enquanto quem quiser atuar no canil pode mandar solicitação para contato@patasdadas.com.br. O canal para apadrinhamento de animais resgatados, ajudando na compra da ração, da castração ou de anti-pulgas, o canal é soupadrinho@patasdadas.com.br

Fonte: Gaúcha ZH

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>