• Home
  • Investigação expõe crueldade animal em fazenda de codornas no Reino Unido

Investigação expõe crueldade animal em fazenda de codornas no Reino Unido

Registros mostram animais mortos entre os vivos

0 comments

Imagens secretas obtidas por ativistas em defesa dos direitos animais mostram condições de vida desumanas suportadas por milhares de aves cativas em fazendas e locais de reprodução em Lancashire, na Inglaterra.

Registros das instalações da empresa britânica Fayre Game Ltd, publicados pelas organizações protetoras dos animais, Unoffensive Animal e pela Saving Me, revelam animais que vivem em ambientes apertados e sujos, muitos deles com ferimentos na cabeça devido aos tetos baixos das gaiolas.

A instalação foi previamente exposta por suas más condições em 2007 pelo jornal The Guardian. Na época, fornecia ovos e carne de codorna para as empresas Harrods e a Selfridges, que cortaram a parceria com o fornecedor após a divulgação de filmagens.

Um porta-voz da Unoffensive Animal disse: “Não mudou muito nos 10 anos desde o último relatório. Havia carcaças empilhadas e apodrecendo em gaiolas. Alguns dos animais estavam doentes e sofrendo, e havia ovos empilhados em material de construção. Algumas das aves não tinham acesso a água, e gaiolas do outro lado do galpão foram inundadas.”

Registros mostram animais mortos entre os vivos
Registros mostram animais mortos entre os vivos. (Foto: Supplied)

Em 2007, a Fayre Game Ltd disse que as filmagens ocorreram em um dia de chuva forte, e que a equipe na época foi desviada para “salvar os pássaros ao ar livre”. Um porta-voz afirmou que essa era a razão pela qual os cadáveres não haviam sido removidas das gaiolas.

Segundo as organizações Unoffensive Animal e Saving Me, esta nova investigação foi provocada pela publicação de um vídeo amador que levou a Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA) a pedir à Agência de Saúde Animal e Vegetal (APHA) para investigar as condições de vida dos animais mantidos pela indústria de carnes. Uma declaração foi divulgada dizendo que “não houve violações após uma inspeção”.

“As condições eram deploráveis, e é realmente difícil acreditar que a Fayre Game Ltd tenha sido investigada pela Agência de Saúde Animal e Vegetal e não tenha violado nenhuma lei de bem-estar animal. Esperamos que o vídeo mostre ao público o quão pouco as fazendas de esforço precisam fazer para passar pelas inspeções. Empresa fornece uma série de supermercados e pequenos grupos com ovos de codorna crus e cozidos e carne de codorna”, declarou o investigador da APHA.

Animais mortos por não suportarem a intensa crueldade.
Animais mortos por não suportarem a intensa crueldade. (Foto: Supplied)

A organização Unoffensive Animal está trabalhando para a libertação de todos os animais cativos e realiza regularmente investigações sobre as condições de vida dos animais que vivem em fazendas no Reino Unido. E a Saving Me documenta o sofrimento dos animais através da fotografia e videos.

Um porta-voz das duas organizações disse: “No Reino Unido, muitas pessoas justificam o consumo de animais porque acham que nossas leis de bem-estar significam que os animais enviados para a morte tiveram uma vida feliz e confortável. Por meio dessas investigações, queremos mostrar ao público que esse não é o caso. A Fayre Game Ltd passou por uma inspeção e, menos de uma semana depois, encontramos carcaças de animais apodrecendo em gaiolas com outros animais vivos”.

“Quando você está comendo animais que você acha que foram criados em fazendas de bem-estar social, esse é o padrão que você está observando. Pedimos a todos que não querem que os animais sofram para fazer escolhas mais compassivas e deixá-los longe de você”, finalizou.

Assista o vídeo abaixo em inglês e sem legendas:

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>