• Home
  • Cão negligenciado por tutoras é encontrado em situação deplorável

Cão negligenciado por tutoras é encontrado em situação deplorável

0 comments

Um cachorro foi encontrado em situação deplorável, com doença de pele em estágio avançado, após ser negligenciado pelas tutoras.

Cachorro sofria com doença de pele (Foto: Divulgação)

A juíza Gail Bradshaw, de 64 anos, e a sua filha Nicola, de 29 anos, foram consideradas culpadas em julgamento em tribunal pelos maus-tratos sofridos pelo cão. As sentenças, entretanto, não foram divulgadas.

Poppy, como é chamado o cachorro da raça Terrier West Highland, foi diagnosticado por veterinários com infecção de pele. Há três anos, entretanto, as tutoras não medicam o animal porque decidiram, por conta própria, parar de tratá-lo. Com isso, o problema do cão se agravou, gerando até feridas na pele, causada pelo ato de se coçar.

Os veterinários que passaram a cuidar do cachorro após o resgate, afirmaram que ele estava vestido com uma roupa que, devido à doença na pele, estava tão grudada ao corpo dele que houve dificuldade para conseguir retirá-la. A veterinária Vicki McDonald, veterinária, disse ao jornal Metro que a gravidade das condições da pele e a perda de pelos sofrida pelo animal foram as piores que ela viu em 15 anos. As informações são do portal Notícias ao Minuto.

No tribunal, uma das tutoras do cão afirmou que parou o tratamento médico por crer que ele não fazia efeito e decidiu procurar dicas para o problema do cachorro na internet e na opinião de amigos. A decisão da mulher, entretanto, condenou Poppy a intenso sofrimento.

Depois do resgate, o cão passou a receber tratamento adequado e apresentou melhora rapidamente.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>