• Home
  • Estudo: mais de 50% dos canadenses consomem carnes vegetais

Estudo: mais de 50% dos canadenses consomem carnes vegetais

Canadenses preferem carnes feitas à base de plantas.

0 comments

Uma pesquisa mostra que mais da metade dos canadenses estão evitando a carne animal em favor da carne vegana, conforme os dados coletados pela de pesquisa de mercado Mintel. Segundo o estudo, 53% dos canadenses comem carne à base de vegetais, enquanto um em cada cinco (18%) afirmam que comem a alternativa algumas vezes por semana.

As alternativas à carne podem ser vistas como a ponta da lança em termos de inovação alimentar. Embora não haja indicação de que os canadenses evitem carne em massa a qualquer momento no futuro próximo, os consumidores querem cada vez mais flexibilidade em sua dieta. Limitar o consumo de carne é uma forma de flexibilidade ”, afirmou Joel Gregoire, diretor associado da Mintel’s Canada Food and Drink Reports.

O estudo se aprofunda um pouco mais nos hábitos alimentares dos canadenses, destacando que 5% da população se classifica como vegetariana, enquanto os canadenses veganos representam 2% da população. No entanto, mais evidências mostram que a maneira pela qual os indivíduos veem a carne à base de plantas está começando a mudar. Cerca de 21 % dos canadenses relataram que acham que alternativas são mais saudáveis ​​do que o consumo de carne animal.

Gregoire abordou a mudança na percepção dos consumidores sobre a carne à base de plantas no Canadá: “Além dos fatores relacionados à saúde, as considerações em torno da sustentabilidade também estão influenciando esse movimento, especialmente entre as mulheres jovens”.

Canadenses preferem carnes feitas à base de plantas.
Hambúrguer feito com carne à base de plantas. (Foto: Livekindly)

O estudo também aponta que entre os tipos de carne que os canadenses têm mais probabilidade de consumir, os hambúrgueres sem carne lideram com 34%, enquanto o “frango vegano” ficou em segundo lugar, com 32%. Apenas 23% acreditam que as carnes veganas são uma alternativa suficiente, porém 16% que acreditam que as carnes veganas têm o mesmo sabor que a carne de origem animal). 31% procuram produtos com sabores de carne e 24% buscam texturas semelhantes a carne.

Gregoire identificou isso como uma oportunidade para alcançar o público não adepto a alternativas livres de crueldade animal: “Parece haver espaço significativo para melhorar a percepção do consumidor sobre alternativas de carne em relação à carne animal. Para aqueles que não consomem alternativas à carne, esbater a linha entre carne à base de plantas e a carne de origem animal é crucial para conquistar novos adeptos.”

Este não é o único estudo para documentar a crescente popularidade da carne à base de plantas no pais. Dados recentes do grupo de pesquisa Statistics Canada mostraram que, no geral, os canadenses estão comendo menos carne. Além disso, “vegano” estava entre as palavras mais procuradas em 2017, de acordo com o Google Canada.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>