• Home
  • Mais de 300 baleias são mortas por caçadores japoneses

Mais de 300 baleias são mortas por caçadores japoneses

0 comments

Dezenas de baleias foram mortas por caçadores japoneses na Antártica. Sem protestos, os defensores dos direitos animais anunciaram o ato às autoridades do país. Apesar de ter assinado o tratado contra a caça de baleias no mundo, o Japão continua a permitir a morte da espécie ameaçada de extinção.

Uma frota de cinco embarcações iniciou em novembro a campanha no âmbito da polêmica de “caça científica” de baleias para o Japão. Três embarcações, incluindo o principal da frota, o “Nisshin Maru”, chegou neste sábado ao porto de Shimonoseki, no oeste do país.

(Foto: Viral Media)

No total, 333 baleias Minke, foram assassinadas. O Japão assinou a moratória sobre a caça da Comissão Baleeira Internacional, mas se ampara em uma cláusula que autoriza a caça de animais marinhos com fins científicos.

O consumo da baleia é considerado um ato cultural no Japão, onde os animais marinhos de grande porte são caçados durante séculos. A caça pode agravar a ameaça de extinção da espécie – o animal está no estado de preocupação menor, conforme a lista vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) – apesar que o consumo de carne de baleia diminuiu no país nos últimos anos.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>