• Home
  • Mercado global de carne vegetal deve lucrar mais de US$ 6 bilhões até 2023

Mercado global de carne vegetal deve lucrar mais de US$ 6 bilhões até 2023

0 comments

O mercado global de carne vegana e vegetariana deve lucrar US$ 6,43 bilhões até 2023, aponta um novo relatório da Research and Markets.

Foto: Livekindly

A Beyond Meat, Amy’s Kitchen e a Quorn Foods estão listadas como algumas das principais empresas do mercado já que a demanda por produtos à base de tofu, seitan e tempeh é crescente. Espera-se que o setor de tempeh tenha o crescimento mais rápido. “Tempeh oferece benefícios para a saúde, como alta contagem de anticorpos, redução nos níveis de açúcar no corpo, construção muscular, diminuição do risco de diabetes e níveis mais baixos de colesterol no corpo”, diz o relatório.

Os supermercados, como o giganteTesco (do Reino Unido), também são citados como responsáveis pelo maior do valor de mercado dos produtos vegetais. A seleção de carnes veganas e vegetarianas disponíveis em supermercados aumenta cada vez mais para acompanhar a demanda dos consumidores. No início deste mês, a rede disponibilizou a marca de carne vegana sueca Oumph!.

“A Tesco é a parceira perfeita para nós, não somente por seu tamanho, mas também por estar na vanguarda das redes de mercearias britânicas para produtos bons e duráveis”, afirmou o co-fundador da empresa-mãe da Oumph !, a Food for Progress. Anders Wallerman.

Segundo o relatório, a crescente conscientização sobre o impacto dos produtos de origem animal sobre a saúde humana impulsionam a procura por alimentos sem crueldade. Por exemplo, o consumo de carne processada e vermelha  foi associado ao câncer retal, ao câncer de mama e a doenças cardíacas nos últimos meses, informa o Livekindly.

A demanda cresce globalmente e a região da Ásia-Pacífico deve ser a mais promissora para a carne vegetal até 2023. “O crescimento industrial e melhorias na indústria de alimentos abriram novas oportunidades para o mercado de substituições da carne nesta região”, afirma o relatório.

O tofu já é um ingrediente popular em países asiáticos como a China. Porém, a demanda por carnes veganas de estilo ocidental tem aumentado na área. A Quorn foi lançada em Cingapura no final de 2017 e o  Beyond Burger, da companhia Beyond Meat, tem feito sucesso em Hong Kong.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>