• Home
  • Ativistas lutam para libertar tigre maltratado em parque na Tailândia

Ativistas lutam para libertar tigre maltratado em parque na Tailândia

0 comments

Crédito: WAN
O parque recebeu duras críticas depois que um vídeo foi divulgado mostrando um tigre sendo maltratado para tirar fotos com turistas. Crédito: WAN

Mais de 120 mil pessoas já assinaram uma petição que pede ao The Million Years Stone Park and Crocodile Farm, na Tailândia, que leve os tigres mantidos em cativeiro para um santuário.

O parque recebeu duras críticas depois que um vídeo foi divulgado mostrando um tigre sendo maltratado para tirar fotos com turistas.

Na filmagem é possível ver um funcionário cutucando o animal com barras de ferro para que ele posasse para as fotos. Como se não bastasse a tortura, o animal indefeso ainda estava acorrentado.

O vídeo se espalhou pela internet rapidamente e recebeu mais de 4 milhões de visualizações.

De acordo com o parque, o funcionário visto no vídeo já foi demitido. No entanto, o tigre continua sendo explorado.

No ano passado, uma série de organizações já protestaram esta nova tendência de tirar fotos com animais em parques.

E, embora tenham conquistado algum progresso aumentando a conscientização sobre esta exploração, ainda não foi o suficiente para impedir que estes incidentes de crueldade acontecessem.

Os ativistas esperam que, com o grande número de assinaturas colhidas pela petição, eles possam ter um impacto real contra esta forma de abuso.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>