• Home
  • Homem é condenado à prisão por cortar orelhas e rabo de cão sem anestesia

Homem é condenado à prisão por cortar orelhas e rabo de cão sem anestesia

0 comments

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi condenado a três meses e um dia de prisão por ter cortado as orelhas e o rabo de um cão tutelado por ele. Durante os procedimentos não foi utilizada anestesia. O caso aconteceu em Huelva, na Espanha.

Cão teve orelhas e rabo cortados sem anestesia (Foto: Guarda Civil Espanhola/Twitter)

O cachorro foi mutilado em 2015, quando tinha apenas dois meses de idade, mas a condenação foi feita pelo juiz apenas nesta semana. Além da prisão, o homem foi proibido de exercer qualquer profissão relacionada a animais durante um ano.

A condenação faz parte do caso “Orelhas”, no qual maus-tratos a animais foram investigados, em 2016. Foram detidas 32 pessoas por negligência e mutilação a cães, entre elas 6 veterinários e 26 caçadores. As informações são do portal CM Jornal.

A mutilação de animais para “fins unicamente estéticos” é considerada muito grave pela Proteção de Animais de Andaluzia.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>