• Home
  • Com gasto mensal de R$ 12 mil, abrigo de cães pede ajuda para não fechar

Com gasto mensal de R$ 12 mil, abrigo de cães pede ajuda para não fechar

0 comments

Um abrigo com mais de 150 cães está precisando de ajuda em Manaus, no Amazonas. Com uma despesa mensal que chega a até R$ 12 mil, o local pode fechar as portas se não receber apoio.

(Foto: Divulgação)

Tânia Mussa, de 60 anos, é a responsável pelo abrigo. Há mais de três décadas ela se dedica aos animais que resgata do abandono e dos maus-tratos. Antes de abrir o espaço, ela cuidava de 67 animais na própria casa.

“Eu tenho um canil na minha casa, mas antigamente tinha muitos cães. Fui denunciada e então tive que levá-los pra outro espaço. Hoje meus filhos me ajudam, mas infelizmente temos muitas dificuldades”, afirmou ao portal A Crítica.

As despesas mensais, que são altas, incluem ração, pagamento de tratamentos para os animais em clínicas veterinárias, produtos de limpeza e funcionários.

No local, trabalhavam três funcionários, número necessário para realizar a limpeza do ambiente, que é constante. Um, entretanto, foi dispensado recentemente devido à falta de dinheiro.

“As despesas estão muito altas. Estou com muitas dificuldades para tocar o abrigo sozinha. Os maus-tratos a cada dia pioram, as pessoas vêem um animal atropelado na rua, mas não fazem nada. Os protetores de verdade não esperam os outros irem lá, e por isso todos estão lotados”, lamentou Tânia.

A protetora mantém o abrigo com doações e com o dinheiro repassado pelos filhos, os valores recebidos, entretanto, não têm sido suficientes para arcar com os gastos.

Com oito empréstimos bancários, contas para pagar em quatro clínicas veterinárias e também com um fornecedor de ração, além das despesas diárias, Tânia reúne diversas dívidas. “São animais resgatados, muitas vezes doentes. Eles precisam ser levados em clínicas para que não morram. É uma despesa enorme”, contou a protetora.

Nas redes sociais, Tânia anunciou que fechará o abrigo no próximo dia 3 de fevereiro, mas não sabe para onde levar os animais. “Estou fazendo tudo sozinha. Nenhum amigo se prontificou a ajudar, então como posso deixar o abrigo para buscar ajuda? A gente sofre, chora, faz dias que eu não durmo e estou doente. Se eu fechar, para onde vou com eles?”, lamentou.

Localizado no bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte de Manaus, o abrigo precisa de ajuda para quitar as dívidas e arcar com os gastos dos animais. Mais informações podem ser obtidas com Tânia Mussa pelo telefone 92 993261399.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>