• Home
  • Gata vítima de maus-tratos que teve maxilar quebrado morre após cirurgia

Gata vítima de maus-tratos que teve maxilar quebrado morre após cirurgia

0 comments

Uma mulher que pediu para não ter a identidade revelada, levou o animal para a capital, já que o caso era muito grave, segundo o médico veterinário Vagner Ávila Ruiz, que fez o primeiro atendimento em Aquidauana. O profissional cuidou da gatinha até ela ser encaminhada para uma clínica especializada.

Foto: Midia Max

A médica veterinária Liliane Araújo da Silva, que é especialista em atendimento a felinos, da Vet Central, após exame radiológico, encaminhou a gata para uma cirurgia complexa com o médico veterinário Thalles Ovando, que é ortopedista e clínico geral em animais, onde o diagnóstico foi chocante: pela experiência na área e após analisarem os exames, possivelmente alguém rasgou a boca do animal com as mãos. Os profissionais descartaram que a gata tenha sido vítima de chutes, pancadas ou atropelamento.

Apesar de todos os esforços, a gatinha que ainda era um filhote, estava debilitada e não resistiu ao tratamento. Agora ficaram as despesas da clínica que ficou no total de R$ 850 reais. Quem quiser colaborar para quitar o valor dos procedimentos, pode entrar em contato no telefone (67) 9902-0686 e falar com Kelvyn Bivar.

O caso

Um caso de maus-tratos contra um filhote de gato chocou internautas de Aquidauana e Anastácio no início da noite da última segunda-feira (15). O animal foi encontrado na calçada da residência de uma idosa, no Bairro Santa Terezinha, com o maxilar quebrado.

A mulher então se desesperou e pediu ajuda para a vizinha, que ao contar para seu filho de 18 anos, que resolveu fotografar a situação do gatinho e postar no Facebook com um pedido de ajuda para encontrar um médico veterinário que pudesse atender, já que o caso era delicado.

A publicação teve muita repercussão, com vários comentários e compartilhamentos, uma verdadeira corrida contra o tempo para ajudar o felino, já que o jovem que anunciou o pedido, disse que estava chocado com tamanha crueldade a ponto de ficar sem saber o que fazer.

Diante do pedido de ajuda, o médico veterinário Vagner Ávila Ruiz, do consultório Pró-Criador, se prontificou a atender o bichinho e o acolheu em seu local de trabalho. Segundo o profissional, realmente o gatinho foi vítima de maus-tratos e se tratava de um caso delicado.

Fonte: Midia Max

 

 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>