• Home
  • Fotojornalista expõe realidade de matadouros de cães

Fotojornalista expõe realidade de matadouros de cães

0 comments

Crédito: Eko Siswono Toyudho
Antes de serem mortos, os cães são acorrentados e alimentados com arroz e vegetais em uma “casa de quarentena”. Crédito: Eko Siswono Toyudho

Imagens terríveis divulgadas recentemente revelam a crueldade da indústria de carne de cachorro na Indonésia.

O jornalista indonésio Eko Siswono Toyudho tirou as fotos depois que conseguiu acesso a um matadouro em Jacarta, capital do país.

De acordo com ele, os cães que acabam nos matadouros são comprados por 150.000 a 250.000 rupias (R$ 30 a R$ 55) dependendo do tamanho.

Então, eles são acorrentados e alimentados com arroz e vegetais em uma “casa de quarentena”.

Por fim, eles são brutalmente são espancados com martelos para que possam ser servidos em restaurantes.

Crédito: Eko Siswono Toyudho
Os animais são brutalmente são espancados com martelos. Crédito: Eko Siswono Toyudho

As imagens produzidas pelo jornalista capturam todas as fases desta jornada até a morte dos animais.

O jornalista capturou as imagens em setembro de 2015, mas nunca lançou suas fotos até agora devido à sua natureza chocante.

A carne dos animais é servida em restaurantes.
A carne dos animais é servida em restaurantes. Crédito: Eko Siswono Toyudho

Mas ele afirma que o matadouro ainda está funcionado, matando de três a seis cães todos os dias.

“A carne de cachorro é uma culinária típica desta região da Indonésia, e é muito procurada”, afirmou Toyudho. “No entanto, só pode ser servida em certos pratos e restaurantes, e às vezes está escondida do menu”.

O grupo ativista Dog Meat Free afirma que, todos os anos, milhões de cães são transportados pela Indonésia para o comércio de carne – alguns dos quais são animais domésticos sequestrados de suas famílias.

De acordo com a organização, 7% da população indonésia come carne de cachorro.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>