• Home
  • Ministro russo realiza experimento cruel com cão em público

Ministro russo realiza experimento cruel com cão em público

0 comments

Crédito: Channel 5, St Petersburg
O experimento foi realizado em frente ao presidente da Sérvia, que visitava o país. Crédito: Channel 5, St Petersburg

Um oficial do governo russo está sendo duramente criticado por realizado um teste científico cruel com um cão. O experimento foi realizado em frente ao presidente da Sérvia, que visitava o país.

O equipamento testado é o resultado de uma pesquisa recente sobre a respiração em um meio líquido. Ele possibilita que um animal respire um líquido rico em oxigênio, em vez de ar.

Durante a visita do presidente Aleksandar Vucic, o primeiro ministro Dmitry Rogozin e vários cientistas colocaram um cão dentro de um recipiente contendo o líquido.

A princípio, o animal se debateu e tentou escapar, mas, em pouco tempo ele se acalmou e começou a respirar o líquido. Um vídeo publicado em um site russo capturou o momento em que o animal foi colocado no recipiente.

Embora o cão tenha sobrevivido ao experimento, usuários das redes sociais e ativistas estão acusando Rogozin de crueldade contra o animal.

“O primeiro ministro russo está maltratando o cachorro indefeso. Maltratar os humanos não é o suficiente para eles, então eles se voltaram contra os cães”, escreveu um blogueiro popular, que frequentemente critica as autoridades russas.

Ironicamente, o experimento foi realizado um dia antes do presidente Vladimir Putin ter sancionado uma lei que fortalece a proteção aos animais no país.

Nos últimos anos, a Rússia teve vários casos de crueldade contra animais. Como o exemplo recente de um grupo de adolescentes que foi condenado a até quatro anos de prisão por matar e torturar animais. O caso provocou indignação entre internautas e ativistas, o que pressionou Putin a revisar a lei sobre a crueldade animal.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>