• Home
  • Shutterstock proíbe publicação de fotos e vídeos de primatas vítimas da crueldade humana

Shutterstock proíbe publicação de fotos e vídeos de primatas vítimas da crueldade humana

0 comments

A companhia tomou a decisão depois de ser pressionada pela organização de direitos animais PETA a considerar a crueldade envolvida ao forçar esses animais selvagens a exibirem comportamentos não naturais.

Foto: VegNews

Como parte da proibição, a Shutterstock não irá mais permitir a publicação de imagens de macacos ou chimpanzés selvagens vestindo roupas, usando acessórios, sendo mostrados em ambientes humanos, incluindo estúdios, circos ou escritórios; exibindo comportamentos treinados como dançar e outros comportamentos não naturais com os humanos, como segurar as mãos ou serem segurados.

A medida inclui imagens alteradas para simular que os animais estão envolvidos em alguma dessas atividades, pois isso normaliza a exploração dos primatas nessas situações, informa a VegNews.

A Shutterstock faz parte de uma lista crescente de empresas de mídia que decidiram agir contra a crueldade imposta aos animais. Neste mês, o Instagram, introduziu uma nova ferramenta que avisa os usuários de que certas hashtags  (como #slothlife) podem promover a exploração animal.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>