• Home
  • Maus-tratos: cavalos são encontrados muito magros e doentes em haras

Maus-tratos: cavalos são encontrados muito magros e doentes em haras

0 comments

O proprietário de um haras localizado no município de Senador Canedo, em Goiás, foi multado em R$ 80 mil após 11 cavalos terem sido encontrados no local muito magros e doentes a ponto de correrem risco de morte. Um vídeo foi feito por uma moradora da região que, após se indignar ao passar pelo local diariamente, resolveu registrar o estado deplorável dos cavalos.

Cavalo desnutrido era maltratado em haras (Foto: Reprodução / Vídeo / G1)

A Polícia Civil foi até o local e confirmou os maus-tratos. Os investigadores afirmam que os cavalos chegaram nesse estado após o dono do haras morrer e os filhos começarem uma disputa pela herança.

Veterinários da corporação emitiram um laudo por meio do qual afirmam que o cuidador não tem condições para permanecer na função e que os cavalos, que foram transferidos para outra propriedade, têm grande possibilidade de morrer.

“A população tem que respeitar o animal, ele não é objeto, não é coisa, ele sente dor. Precisa ser melhor tratado”, disse o delegado do Meio Ambiente, Luziano de Carvalho, ao G1.

O tutor dos cavalos, James de Freitas, afirmou que não concorda com os laudos e que está recorrendo da multa aplicada pela Agência de Meio Ambiente, no valor de R$ 33 mil, e que já está pagando a multa de R$ 50 mil aplicada pelo Ministério Público.

“O que a gente pede e espera do poder público é que na hora que constatou-se os maus-tratos, que esse animal seja retirado da guarda do tutor. Porque, assim, cessa os maus-tratos. Só de você denunciar, você já inibe um pouco a pessoa de cometer aquele crime, porque mexe no bolso da pessoa”, disse Pauliane Rodrigues, membro da comissão de proteção e defesa animal da Ordem dos Advogados do Brasil.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>