• Home
  • “Ele é o rosto do abuso animal”, diz voluntário sobre cão brutalmente agredido

“Ele é o rosto do abuso animal”, diz voluntário sobre cão brutalmente agredido

0 comments

 

Um cão da raça pit bull foi brutalmente agredido nos Estados Unidos. Resgatado pela Dog Networking Agents Inc, ele foi encontrado extremamente ferido. A pele de seu focinho apodreceu e caiu em pedaços, deixando o osso parcialmente exposto. A suspeita dos veterinários é de que o nariz do cão tenha sido fortemente amarrado com uma fita adesiva, o que gerou uma grave infecção no local.

June foi brutalmente agredido (Foto: Dog Networking Agents Inc)

“Ele é o rosto do abuso animal”, disse o voluntário Hayley Zielinski ao conhecer o cão.

Após ser examinado de forma minuciosa pelos veterinários, descobriu-se que além dos ferimentos no focinho, o cachorro tinha muitos dentes quebrados e estava parcialmente surdo devido a fortes golpes que recebeu na orelha direita. A agressão brutal cometida contra o cão afetou também parte de seu sistema respiratório, o que fez com que o ato de respirar se transformasse em uma agonia terrível para ele.

“Quando você vê isso pessoalmente, a verdade é que você nem pode acreditar: seus dentes estão tão deformados e parte do lábio superior se desintegrou por causa da infecção”, explica a co-fundadora da Dog Network Agents Inc, Hayley.

Magro e gravemente ferido, o cão foi resgatado por uma ONG (Foto: Dog Networking Agents Inc)

Jude, como passou a ser chamado, precisa ser submetido a diversas cirurgias reconstrutivas por meio das quais enxertos seriam feitos para corrigir seu focinho, que foi desconfigurado, e ajudá-lo a respirar melhor. O custo dos procedimentos, entretanto, atinge a soma de US$ 10 mil – o equivalente a R$ 33 mil -, valor que a entidade não tem condições de custear. As informações são do portal Histórias com Valor.

Apesar de todo o sofrimento que viveu, June é um cão feliz e que ama a companhia humana (Foto: Dog Networking Agents Inc)

Apesar das horríveis consequências físicas e psicológicas trazidas pela agressão sofrida por June, o cão permanece sendo amável com as pessoas, nas quais ainda confia mesmo tendo sido vítima da maldade humana. E não só o amor que tem para oferecer é inquebrável, como também sua vontade de viver.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>