• Home
  • Cadela cega supera o medo com a ajuda de irmã com necessidades especiais

Cadela cega supera o medo com a ajuda de irmã com necessidades especiais

0 comments

Felizmente, a mulher e seu noivo rapidamente concordaram em receber a cadela especial em sua família.

“Nós estávamos procurando um cão com necessidades especiais para adotar porque tenho experiência veterinária e principalmente trabalhamos em casa, o que nos dá a oportunidade de lhe dar toda a atenção”, afirmou Alexa Fiala, tutora de Dunder, ao The Dodo.

Foto: Instagram/dunderthedog

 

Quando Dunder chegou pela primeira vez a sua nova casa, ela estava muito tímida. Os tutores fizeram o possível para deixá-la confortável e mostrar-lhe que ela superaria qualquer coisa.

“O verdadeiro catalisador foi reconhecer que seus brinquedos precisavam ser audíveis. Conseguimos uma tonelada de brinquedos de gato e ela realmente floresceu”, acrescentou.

Foto: Instagram/dunderthedog

Dunder ainda lutava por descobrir as coisas às vezes e, em pouco tempo seus tutores perceberam o que faltava e decidiram adotar outra cadela especial.

Quando o criador que lhes apresentou a Dunder procurou o casal novamente para dizer que havia outra cadela com necessidades especiais que precisava de um lar, eles não hesitaram.

Darby tinha uma desordem chamada megaesófago, o que significa que seu esôfago era muito grande, gerando graves problemas alimentares. O casal não se incomodou e a recebeu em sua família, sem observar o quanto ela estava prestes a mudar a vida de Dunder.

“Adotar Darby foi a melhor coisa que poderíamos ter feito por ela. Dunder está sempre seguindo Darby”, disse Fiala.

Foto: Instagram/dunderthedog

Graças a Darby, Dunder agora confia totalmente no mundo. Quando elas andam juntas, Darby assume a liderança e ajuda a mostrar o caminho para Dunder. Quando encontram novas pessoas, Dunder segue a liderança de Darby para descobrir como deve agir.

Agora, é quase como se Dunder tivesse esquecido completamente que é cega ou como se realmente nunca soubesse. Suas lutas ficaram no passado porque ela tem Darby ao seu lado

Dunder ama Darby e Darby sente o mesmo por ela. Com a ajuda uma d outra, elas têm a confiança de que precisam para superar suas deficiências.

“Eu encorajo as pessoas a dar um salto, serem ousadas como Dun e pensar em adotar um cão com deficiência. Nunca tive uma experiência mais gratificante na minha vida”, concluiu Fiala.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>