• Home
  • Ativistas protestam contra transferência de bebês morsas explorados em aquário

Ativistas protestam contra transferência de bebês morsas explorados em aquário

0 comments

 

Foto: Francis Bouchard)

Espera-se que as morsa sejam transferidas do Aquário de Québec, onde nasceram, para o Aquário de Vancouver antes do Natal.

O grupo sediado em Vancouver, chamado Lifeforce Foundation, explica que a criação em cativeiro pode interferir nos estilos de vida naturais e que arrancar as morsas de suas mães é insensível e cruel.

“Por que há pressa para trazê-las aqui no Natal? É algum tipo de promoção de Natal?”, questiona o fundador da organização Peter Hamilton.

O aquário afirmou que espera apresentar as morsas ao público na primavera. As morsas, uma fêmea chamada Lakina e o macho Balzak, apareceram na imprensa quando nasceram, na primavera de 2016.

Acredita-se que elas sejam as primeiras morsas nascidas em cativeiro no Canadá. A Lifeforce Foundation ressalta que os animais têm sido tratados como “itens inanimados e de marketing” e quer que o público pare de financiar os dois aquários.

De acordo com a CBC, outra grande preocupação é que os filhotes de morsas frequentemente são amamentados por dois anos ou mais e Hamilton disse que o aquário possui a obrigação moral de fornecer aos animais um período de amamentação saudável.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>