• Home
  • Após viver sete anos em um abrigo, cadelinha finalmente ganha um lar

Após viver sete anos em um abrigo, cadelinha finalmente ganha um lar

0 comments

Depois de sete anos vivendo em um abrigo, a cadelinha Angel agora vive uma vida feliz com sua família.

Na época em que foi resgata, ela estava grávida e era muito amedrontada . Ela foi encontrada no quintal de uma casa e levada às pressas para o Ash’s Animal Rescue.

Crédito: Ash's Animal Rescue
A cadelinha era muito ansiosa o que dificultou as chances dela ser adotada. Crédito: Ash’s Animal Rescue

Assim que chegou no abrigo, ela entrou em trabalho de parto. Infelizmente nenhum de seus filhotes sobreviveu, porém pelo menos a cadelinha havia encontrado um lugar seguro para ficar.

Depois de se recuperar da gestação, Angel começou um lento processo de socialização, já que ela sofria muito com ansiedade.

Demorou, mas com paciência e carinho Angel começou a confiar em seus cuidadores, até o ponto em que deixou que eles colocassem uma guia nela.

À medida que os anos se passaram, Angel foi ficando mais confortável com as pessoas e outros animais.

Ainda assim, nenhuma família queria adotá-la, já que a maioria não conseguia entender seu temperamento e o motivo pelo que ela precisava de tempo para fazer amizades.

Depois de sete anos no abrigo – quase sua vida inteira – os voluntários tinham quase perdido a esperança de que ela encontraria um lar permanente.

Porém, eles tentaram uma última vez, escrevendo sobre ela nas redes sociais a fim de encontrar uma família para Angel.

E, para surpresa de todos, a publicação funcionou.

Sarah e Cian Morris, jovem casal de Dublin, viram a mensagem e sabiam que podiam trazer felicidade para a vida da cadelinha.

Sarah contou que ficou muito triste em saber que Angel vivia no abrigo há sete anos e se sentiu honrada em adotar um animal que realmente precisava de uma família.

No primeiro dia que eles foram visitá-la, não foi tudo perfeito: eles tentaram levar Angel para passear, mas ela escapou e voltou correndo para o abrigo.

Neste dia eles perceberam o quão ansiosa Angel era, então, durante os dois meses seguintes, o casal investiu em visitá-la regularmente para conquistar a confiança dela.

Depois de várias caminhadas juntos, Angel entrou no carro do casal e deixou o único lugar que conhecia como lar.

Sarah e Cian pensavam que, chegando em casa, ela demonstraria sinais de ansiedade, mas não foi o que aconteceu.

Eles contaram que, na verdade, ela ficou muito curiosa e feliz quando chegou: foi explorar todos os quartos e logo se deitou na caminha do outro cãozinho que vivia na casa.

Crédito: Sarah Morris
Ela rapidamente se acostumou ao seu novo lar. Crédito: Sarah Morris

Embora ela ainda fique assustada com barulhos altos, aquele filhote aterrorizado de sete anos atrás foi deixado para trás, e ela se transformou em uma cadela feliz.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>