• Home
  • Bezerro é pisoteado ao lutar contra a crueldade de matadouro

Bezerro é pisoteado ao lutar contra a crueldade de matadouro

0 comments

Os manifestantes bloquearam o matadouro de Highchester, no Sul de Brisbane, impedindo a entrada dos funcionários do local. O grupo de 24 ativistas da Animal Liberation Queensland reagiu a um vídeo de um bezerro sendo chutado e pisoteado no matadouro.

Foto: Animal Liberation Queensland

A polícia retirou os ativistas do local e não foram realizadas prisões, segundo o The Sunshine Coast Daily.

O grupo estava dentro do matadouro desde antes das 5h e pendurou no prédio um banner com a mensagem “A indústria de laticínios mata”.

Outras mensagens do grupo diziam “Animais assassinados aqui”, “Vacas são indivíduos, não propriedade”, e “Laticínios = tortura, estupro e assassinato”.

Chay Neal, da Animal Liberation Queensland, disse que o trabalhador que foi flagrado agredindo o bezerro deve ser demitido.

Foto: Animal Liberation Queensland

“Os ativistas que estão aqui hoje exigem que o funcionário flagrado no filme brutalmente pisoteando e chutando este bezerro seja demitido. Mais importante, queremos que os consumidores percebam que eles possuem o poder de impedir que outros animais como Sammy sofram esse destino, fazendo escolhas mais generosas e não apoiando a indústria de laticínios”, declarou.

O vídeo mostra um trabalhador prendendo uma corrente a um bezerro ao ser chutado pelo animal. Em resposta, o funcionário pisa no animal, pisoteia sua cabeça e pescoço e, posteriormente, o chuta.

O Highchester Abattoir se recusou a comentar o caso quando foi procurado pela reportagem do Daily Mail Australia.

A notícia ocorre menos de uma semana depois da divulgação de um vídeo feito por ativistas em Victoria, mostrando galinhas sendo escaldads vivas em um matadouro de Melbourne.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>