• Home
  • Casal abandona cão e é condenado a prestar serviços comunitários em SC

Casal abandona cão e é condenado a prestar serviços comunitários em SC

0 comments

Pelo crime de abandono de um pequeno cão, um casal de Ponte Serrada, Oeste de Santa Catarina, foi condenado pelo Poder Judiciário da Comarca local, à prestação de serviço comunitário e ao ressarcimento a uma clínica que tentou salvar o cachorro, que teve que ser sacrificado por não mais recuperar sua condição de saúde.

O cão teve que ser sacrificado devido a impossibilidade de recuperar sua saúde (Foto: Divulgação)

Conforme relatou o site Oeste Mais, o cão foi abandonado em uma estrada do interior no último mês de julho e encontrado duas semanas após por integrantes da ONG Pelos e Apelos. Através de publicação em rede social, a organização não governamental detalhou os cuidados despendidos ao cão ao longo de três dias, com serviços de duas médicas veterinárias e uma dentista.

Devido ao tempo de abandono, desde a lesão inicial, não foi possível restaurar as fraturas pela perda óssea e da dentição; e rompimentos de nervos, que impediriam vida saudável ao pequeno cão, optando-se pela morte induzida.

O casal que abandonou o cão terá que arcar com os gastos da clínica veterinária (Foto: Divulgação)

Além das 20 horas de serviço comunitário, que deverão ser cumpridas tanto pelo homem quanto pela mulher, o casal aceitou na proposta de transação penal também pagar integralmente os serviços veterinários no valor de R$ 1.030. O abandono de animal é crime, passível de punição, com base na Lei Federal 9.605/98, que inclusive prevê pena de detenção e multa.

Nota da Redação: apesar da condenação à prestação de serviços e pagamento dos gastos com o tratamento do cão ser algo a se comemorar, visto que muitos casos não resultam em penalidade alguma, o resultado do julgamento não é suficiente. O cachorro foi exposto a inúmeros riscos ao ser abandonado e devido à lesão sofrida, teve que ser sacrificado para que tivesse seu sofrimento aliviado, o que é de extrema gravidade e requer pena de detenção, já um crime contra uma vida deve ser punido exemplarmente.

Fonte: RBJ

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>