• Home
  • Luísa Mell promove feira de adoção, mas público desiste por evento não ter cães de raça

Luísa Mell promove feira de adoção, mas público desiste por evento não ter cães de raça

0 comments

Os animais fazem parte da ONG Instituto Luísa Mell, que cuida de centenas de cães e gatos. Crédito: Instagram
Os animais fazem parte da ONG Instituto Luísa Mell, que cuida de centenas de cães e gatos. Crédito: Instagram

A apresentadora e ativista da causa animal, Luisa Mell, que na semana passada emocionou internautas ao resgatar 135 cães de raça, promoveu uma feira de adoção de animais em São Paulo.

Uma multidão compareceu ao local, mas o que surpreendeu a organização do evento foi que a maioria das pessoas estava interessada apenas nos animais de raça que haviam sido resgatados e foram embora após constatar que apenas cachorros e gatos vira-latas estavam disponíveis para adoção.

Os animais fazem parte da ONG Instituto Luísa Mell, que cuida de centenas de cães e gatos. Em entrevista à Veja São Paulo, Luísa afirmou que a ONG recebeu cerca de 4 mil e-mails de pessoas interessadas em adotar os animais de raça, “e eu preciso implorar para adotarem os vira-latas”, afirmou.

Os animais resgatados na semana passada ainda estão em tratamento e a ativista segue em disputa judicial pela guarda definitiva da matilha, sem previsão de quando eles estarão disponíveis. Na feira só foram adotados sete cães e dois gatos.

Os cães de raça resgatados por Luisa sofriam maus-tratos em um canil em Osasco, São Paulo. Os cães eram das raças lhasa apso, yorkshire, pugs e eram usados para reprodução em massa de filhotes para venda. Os vídeos do resgates chamaram atenção de internautas e famosos que se posicionaram contra a comercialização de animais de raça.

Fonte: O Povo

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>