• Home
  • Cadelinha grávida é atropelada e agoniza por dois dias

Cadelinha grávida é atropelada e agoniza por dois dias

Truffles estava grávida quando foi atropelada. Crédito: nola.com

0 comments

Truffles estava grávida quando foi atropelada. Crédito: nola.com
Truffles estava grávida quando foi atropelada. Crédito: nola.com

A cadelinha conhecida como Truffles foi atingida por um carro e caiu em uma vala ao lado de uma rua na cidade de Opelousas, na Louisiana (EUA).

Incapaz de se mover por causa das fraturas na pélvis, na tíbia e no fêmur, a cadelinha ficou presa no local por dois dias até que um funcionário da agência de controle de animais a resgatou.

Devido aos ferimentos, Truffles – que estava grávida de sete filhotes – também desenvolveu piometra, uma infecção no útero potencialmente fatal.

Ela foi levada pela agência de controle de animais até um veterinário, que identificou a necessidade imediata de cirurgia e, posteriormente, de reabilitação.

Ela fraturou o fêmur, a pélvis e a tíbia. Crédito: nola.com
Ela fraturou o fêmur, a pélvis e a tíbia. Crédito: nola.com

O tratamento custaria mais de US$ 6 mil, o que era extremamente caro para a agência.

Dias depois, o fêmur quebrado de Truffles começou a ferir a pele e formar uma infecção. Foi então que o veterinário sugeriu a indução da morte da cadela.

Mas a diretora da agência, Stacey Alleman, não podia se conformar com este desfecho. Truffles era a cadela mais dócil que ela já havia conhecido.

Então, para salvá-la, Alleman buscou ajuda nas redes sociais e contatou a Humane Society.

Comovida pela situação de Truffles, a FurFriends Animal Rescue do Oregon doou US$ 2 mil para ajudá-la.

A South Paws Veterinary Specialists, prestigiada pelo serviço de cirurgia veterinária, também se envolveu no caso e ofereceu desconto nos procedimentos que ela precisava.

A South Paws fica na cidade de Mandeville, na Louisiana. Alleman então colocou Truffles em um pote de Tupperware – porque não havia macas – e dirigiu até a cidade.

Truffles passou por três cirurgias e recebeu antibióticos. Além disto, ela recebeu tratamento a laser para as incisões cirúrgicas e para as feridas causadas quando ela foi arrastada pelo carro.

A cadelinha agora passa uma hora por dia em uma câmara hiperbárica, respirando oxigênio puro para ajudar na recuperação. Se ela continuar melhorando, Truffles em breve fará um programa de reabilitação com uma esteira subaquática.

O Dr. Bob Hancock, diretor de hospital da South Paws, afirmou que, apesar do longo processo de recuperação, Truffles tem um prognóstico bom.

A South Paws já doou o equivalente a cerca de US$ 3 mil em serviços para salvar a cadela. Agora, a Humane Society está arrecadando dinheiro para ajudar com os custos dos tratamentos de reabilitação.

“É doloroso pensar no que esta cadelinha sofreu, presa naquela vala por dois dias”, contou o diretor executivo da Humane Society, Jeff Dorson. “Tenho certeza de que vários amantes de animais vão contribuir para ajudá-la a ter o final feliz que merece.”

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>