• Home
  • Após 15 anos de negligência, gato conhece a bondade humana

Após 15 anos de negligência, gato conhece a bondade humana

Gato sendo examinado

0 comments

Embora ele vivesse na residência, o felino era o retrato da negligência: extremamente magro, com dentes podres e pedaços de um coração partido. Ele era um gato abandonado mesmo que fisicamente tivesse uma casa. Porém, o tutor decidiu tirar isso dele também.

Gato sendo examinado
Foto: Animal Advocates, Facebook

O gato de 15 anos foi deixado nas ruas de North Vancouver, British Columbia (Canadá) para se defender. Entretanto, o pelo de Ozzie estava tão emaranhado que cada passo era doloroso. Eventualmente, ele simplesmente ficou debaixo de uma varanda. Foi ali que seus salvadores o encontraram.

“Estava tão apertado entre as pernas que a andar era doloroso para o pobre Ozzie. Quem sabe o quão longe o pobre se esforçou para ir até que ele desistiu e permaneceu naquela varanda?”, observou o grupo em uma publicação no Facebook.

“Descobrimos que Ozzie estava desaparecido há apenas alguns dias, o que significa que ele havia chegado a esse estado enquanto estava com o cuidado de seu tutor, que não se incomodou em tentar encontrá-lo” acrescentou.

Gato ao lado de cão
Foto: Animal Advocates, Facebook

E então, talvez pela primeira vez em sua vida, Ozzie estava em primeiro lugar, segundo o I heart cats.

A organização o levou a um veterinário, onde ele realizou uma série de testes. Ozzie foi tosado e finalmente liberto dos pelos incapacitantes. Ele também recebeu tratamento para os dentes.

O último tratamento (e o mais crucial) foi para o coração maltratado de Ozzie. Uma mulher ofereceu um lar temporário para  ele e não demorou muito para que seu órgão mais vital fosse curado.

“Ele me segue em todos os lugares e fala o tempo todo. Senta comigo no sofá e adora o cobertor. Se eu parar de acariciá-lo, toca minha bochecha com a pata, com cuidado para não arranhar. Ele é tão doce”, disse sua tutora adotiva.

Ozzie mostrou ser muito doce para ficar sozinho novamente. Sua família temporária decidiu adotá-lo. E, embora tenha demorado 15 anos, o gato finalmente aprendeu o que significa ser amado.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>