• Home
  • Orcas sofrem número recorde de abortos por causa da pesca

Orcas sofrem número recorde de abortos por causa da pesca

Orca no oceano

0 comments

Infelizmente, a pesca e a aquicultura prejudicam os oceanos. De acordo com a Overfishing: “Em escala global, temos capacidade de pesca suficiente para cobrir pelo menos quatro planetas como a Terra”.

Orca no oceano
Foto: Flickr

Basicamente, estamos pescando como se tivéssemos três planetas adicionais com animais marinhos. Além da crueldade intrínseca à pesca, existe outra consequência: orcas ameaçadas de extinção de Southern Resident têm sofrido abortos devido à desnutrição. Em um estudo recente do PLOS ONE Journal, cientistas descobriram que 69% das gravidezes das orcas são interrompidas.

As baleias quase exclusivamente se alimentam de salmão Chinook, que tem sido cada vez mais difícil de encontrar por causa da interferência humana.

O aborto espontâneo em mamíferos é raro conforme a gravidez avança, mas este não é o caso das orcas. “Das 69% que abortaram, em torno de um terço delas estava em um estágio avançado da gravidez. Esse é um período extremamente difícil para as fêmeas. É um problema muito grave”, disse o autor Samuel Wasser à Oceana, uma organização dedicada à proteção dos oceanos em todo o mundo.

Além de não encontrarem comida, as baleias ingerem poluentes como DDT e retardadores de chama e, quando queimam suas reservas de gordura para sobreviver, a gordura libera toxinas resultando em altas taxas de aborto espontâneo.

Para agravar esse cenário, as orcas estão em perigo e restam apenas 78 delas na natureza, sendo que somente 30 são fêmeas. “Este estudo enfatiza que as Southern Resident estão famintas e sendo levadas à extinção”, destacou o cientista sênior de Oceana Pacific, Ben Enticknap.

O salmão Chinook também é uma espécie ameaçada de extinção e não é suficiente para alimentar as orcas que dependem de uma grande população de salmões para se restabelecer.

A pesca é uma das maiores ameaças para o nosso planeta. Espécies inteiras foram quase dizimadas pela demanda por animais marinhos. Especialistas calculam que quase 80% dos de peixes do mundo foram totalmente explorados ou estão diminuindo e que 90% dos grandes peixes predadores do oceano foram mortos.

Se as tendências atuais permanecerem, os peixes serão completamente exterminados da Terra em 2050. Essas depleções drásticas geram efeitos prejudiciais nas sensíveis cadeias e ecossistemas alimentares do oceano, informa o One Green Planet.

De acordo com a Southern Resident Killer Whale Salmon Initiative, existem quatro represas de Snake River que possuem um impacto devastador sobre a população de salmão. Snack River é uma importante via navegável no Noroeste do Pacífico que vai do Wyoming para Washington, que é um habitat crítico para o salmão Chinook.

O governo dos EUA gastou bilhões de dólares para restaurar o  habitat, mas parece que isso é uma tentativa de evitar esforços significativos para alterar o funcionamento das represas. Milhões de dólares estão sendo desperdiçados para evitar abordar a origem do problema que ameaça a sobrevivência das orcas e também sustenta uma economia turística multimilionária na região.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>