• Home
  • Um dia depois de ser adotada, gata é assassinada em Araraquara (SP)

Um dia depois de ser adotada, gata é assassinada em Araraquara (SP)

0 comments

Uma gata foi assassinada com um tiro em um condomínio no bairro do Jardim Imperador, na cidade de Araraquara, interior de São Paulo. O crime, que é o segundo registrado no local em menos de uma semana, aconteceu no último domingo (3).

Gata que foi assassinada tinha apenas quatro meses de idade (Foto: Divulgação)

A gata de quatro meses de idade tinha sido adotada no dia anterior, em uma feira de adoção do Parte Infantil, por uma família residente no condomínio.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado no Plantão Policial pelos tutores, que acreditam que a gata tenha sido assassinada dentro do condomínio e depois colocada no jardim externo.

Violência se repete

Outra gata também foi vítima de violência dentro do condomínio. Na última terça-feira (29), a gata, que corre o risco de ficar paraplégica, foi alvejada por um tiro de arma de pressão. As informações são do portal G1.

O porteiro procurou o tutor da gata para avisá-lo que ela tinha sido atropelada. Entretanto, durante atendimento veterinário foi constatado que havia restos de chumbo na coluna dela.

Os dois casos, registrados como maus-tratos a animais, estão sendo investigados pela Polícia Civil, que tenta identificar os autores dos crimes.

Nota da Redação: atos de violência contra animais são cruéis e injustificáveis. Entretanto, sabendo da existência de pessoas capazes de cometer os mais brutais crimes de maus-tratos, é preciso que os tutores tenham a responsabilidade de não permitir que gatos tenham acesso à rua. Ao saírem, eles estão expostos são só a crueldade humana, mas também a atropelamentos, doenças e agressões advindas de brigas. Lugar de gato é em segurança dentro de casa. 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>