• Home
  • Oficiais resgatam mais de 100 pangolins ameaçados de traficantes na Tailândia

Oficiais resgatam mais de 100 pangolins ameaçados de traficantes na Tailândia

Sacos com partes dos animais

0 comments

Os animais e as partes de seus corpos foram descobertos em duas caminhonetes depois que os oficiais receberam uma denúncia de que tinham sido traficados da Malásia, segundo o diretor-geral do Departamento de Alfândega, Kulit Sombatsiri.

Pangolim
Foto: AP/Sakchai Lalit)

As escamas de pangolins são utilizadas na medicina tradicional chinesa e possuem queratina, uma proteína também encontrada no chifre de rinoceronte, embora não exista nenhuma prova científica de que elas possuem qualquer valor medicinal. A carne dos animais também é considerada uma iguaria no Vietnã e em algumas partes da China.

A demanda pelas escamas e pela carne de pangolins gerou uma caça desenfreada que massacra populações da espécie em toda a Ásia. Mais de um milhão de pangolins foram mortos na última década, deixando os animais à beira da extinção de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Uma conferência da ONU sobre animais silvestres realizada em 2016 aprovou a proibição do comércio de todas as oito espécies de pangolins asiáticos e africanos.

Sacos com partes dos animais
Foto: AP/Sakchai Lalit)

Em Fevereiro, quase três toneladas de escamas de pangolins africanos ameaçados de extinção, escondidas em sacos, foram localizadas no principal aeroporto de Banguecoque. Em Maio, sete toneladas de escamas foram descobertas em Hong Kong.

Kulit disse que seu departamento encontrou mais de 2,9 toneladas de itens relacionados com pangolins neste ano que valem mais de US$ 870 mil, informa o Daily Mail.

Segundo ele, foram feitas 34 prisões envolvendo o tráfico da vida selvagem neste ano e os itens encontrados valiam US$ 7,4 milhões.

Recentemente, o grupo de monitoramento do comércio de animais selvagens TRAFFIC manifestou preocupação, pois a Malásia parece ser um ponto de trânsito para o comércio de pangolins e  de marfim e os traficantes rotineiramente a utilizam como um local de rota.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>