• Home
  • Pônei grita de desespero depois de perder bebê em ataque bárbaro

Pônei grita de desespero depois de perder bebê em ataque bárbaro

Pônei e tutora no santuário

0 comments

 

Pônei e tutora no santuário
Foto: Facebook

Outros sete pôneis da raça Shetland, que compartilhavam o mesmo campo em um santuário na Inglaterra, também ficaram feridos após o ataque descrito pela polícia como perturbador tanto para os animais quanto para a cuidadora deles.

Extremamente comovida, Khrystinea Farnworth, 24, postou uma foto tocante de Matilda no Facebook e diz que o pônei instintivamente sabe que seu filho foi assassinado. Ela resgatou Matilda há sete anos depois de encontrá-la amarrada a uma árvore com arame farpado. Logo, o pônei deu à luz.

Os pôneis encontraram o santuário perfeito na fazenda de Farnworth, em Lea, perto de Preston, onde poderiam viver seus dias com outros Shetlands e cavalos resgatados.

Porém, intrusos quebraram os portões e agrediram os animais inocentes. “É repugnante e bárbaro. Você não espera que aconteça com você. Ainda não consigo processar o que realmente aconteceu. Estamos no meio do nada e não temos inimigos”, disse Farnworth.

Ela descreveu as cenas horríveis que viu quando correu para o campo depois de receber uma ligação do pub da vila para alertá-la que alguns pôneis estavam soltos, de acordo com o Express.

“Lucas estava deitado imóvel no campo. Fui correndo até ele e a primeira coisa que vi foi uma ferida de facada na lateral de seu pescoço. Comecei a chorar, não sabia o que fazer”, relatou.

“Não acho que as feridas do corte o mataram. Acredito que ele entrou em pânico e teve um ataque cardíaco. Minha sobrinha rastreou Matilda e ela também tinha um corte maciço na lateral do pescoço”, acrescentou.

Os amigos de. Farnworth no Facebook têm oferecido seu apoio com dezenas de mensagens, condenando a extrema crueldade e também os agressores impiedosos.

Matilda, também de 24 anos, ainda possui as cicatrizes de quando foi amarrada com arame farpado antes de ser salva e agora tem que reconstruir a fé nos humanos novamente.

À medida que ela se recupera. Farnworth se preocupa com seu sofrimento. “Ela é um pônei mais velho e está exausta, teve sua confiança destruída por um ser humano novamente. Ela sabe que o perdeu, continua gritando por ele, continua chorando. Isso é desolador. Eles são nossas vidas. Não podem falar, não podem se defender, é por isso que temos tantos cavalos resgatados. Nós lhes damos uma voz. Não compreendo a mentalidade das pessoas que conseguem fazer isso”, afirmou.

Acredita-se que mais de um agressor tenha atacado os pôneis e o cavalo Prince foi afastado para que ele não pudesse defender seus companheiros.

A Preston Police postou uma mensagem no Facebook após o ataque brutal, alertando os tutores de animais.

A polícia disse: “Isso parece ser um ataque deliberado que provocou um imenso sofrimento, não só para a tutora, mas para os próprios animais. Estamos pedindo aos tutores de equinos que permaneçam vigilantes e informem qualquer atividade suspeita para nós”.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>