• Home
  • Lançado site sobre animais no ensino

Lançado site sobre animais no ensino

0 comments

Divulgação

Essa semana entrou no ar o site Animais no Ensino procurando ampliar a discussão em cima do uso de cobaias na educação, uma vez que o veto ao PL 706, conhecido como Lei Anticobaias no ensino, do deputado estadual Feliciano Filho (PSC), tem gerado muita polêmica em SP. No momento o deputado trabalha pela derrubada do veto dentro da Assembleia Legislativa de SP (SP).

Dinâmico e repleto de fotos mostrando o que há de mais moderno no ensino, o site foi desenvolvido pela equipe do deputado com o propósito de reunir um vasto conteúdo sobre métodos substitutivos citando, entre outras coisas, universidades nacionais e estrangeiras que já aboliram o uso de cobaias. Conta com depoimentos de professores, médicos, veterinários, pesquisadores e juristas, além de apresentar reportagens e vídeos sobre o assunto, servindo de fonte de informação para todos os interessados no tema.

Divulgação

O propósito é esclarecer quais os procedimentos feitos com animais em salas de aula e que já contam com métodos substitutivos adotados pelas maiores universidades do mundo como MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), Stanford e Harvard e também por várias instituições do Brasil como Faculdade de Medicina do ABC (há dez anos sem cobaias e entre as melhores do Brasil segundo o MEC), Uninove, FMU, PUC-Campinas, Anhembi-Morumbi e Universidade de Medicina de Santos, entre outras. Também mostra quais universidades insistem no uso de cobaias e casos conhecidos de abusos.

Vale lembrar que o PL 706 não diz respeito ao uso de cobaias na pesquisa científica, onde se procura a descoberta de vacinas e tratamentos para diversas doenças, mas restringe o isso de animais em procedimentos que já foram exaustivamente registrados em vídeos e para os quais já existem métodos bem mais eficazes como sofisticados simuladores que até sangram.

Divulgação

O site é uma fonte de informação fundamental para quem deseja entender melhor do assunto ou queira contribuir de alguma forma, já que as pessoas podem interagir com o conteúdo registrando seus conhecimentos, experiências e opiniões. Para isso, existe uma página no Facebook vinculada ao site aberta para essa interatividade.

Silvana Andrade, fundadora e diretora da ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais, apoia a iniciativa: “Não existem justificativas éticas ou do ponto de vista tecnológico para que as escolas e universidades continuem usando ou, eu diria, abusando de animais em salas de aula. Já há bastante tempo temos métodos substitutivos para 100% dos procedimentos feitos pelas universidades. São métodos mais eficazes e que não desumanizam os alunos. Não precisamos de médicos, veterinários, biólogos, enfim, de qualquer profissional desumanizado. E isso é tendência. Já é realizada nas maiores universidades do mundo inteiro a abolição do uso de animais”.

Divulgação

Ela também comenta o veto ao PL 706: “Fico muito triste que SP esteja ainda no tempo do obscurantismo, insistindo nesses métodos que além de não formar do modo mais ético e com a qualidade que a gente espera dos profissionais, vai na contramão de tudo que está acontecendo no mundo. E o governador Alckmin, de uma forma autoritária, não ouviu o clamor da nossa sociedade. Se ele tivesse a sensibilidade de um governante que tem a responsabilidade de atender aos anseios da população, ele teria aprovado esse projeto que pode contribuir não só para SP, como também para o Brasil. Parabéns ao deputado Feliciano”.

*Fátima ChuEcco é jornalista ambientalista e atuante na causa animal

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>