• Home
  • Voluntários confeccionam casinhas para animais abandonados no DF

Voluntários confeccionam casinhas para animais abandonados no DF

0 comments

Preocupados com o bem-estar dos animais em situação de rua com a chegada do frio, um grupo de voluntários decidiu produzir casinhas feitas de papelão para aquecer os cães e gatos em situação de abandono na cidade.

Casinhas de papelão feitas pelos voluntários para os animais
Voluntários do projeto confeccionam e distribuem casinhas para animais abandonados (Foto: Arquivo Pessoal)

Em apenas duas horas de trabalho, o grupo de benfeitores produziu 30 casinhas que foram distribuídas próximo a hospitais, praças e pontos de ônibus. No fim de semana que vem, outros dois mutirões serão promovidos, mas dessa vez será em Santa Maria e no Gama.

O grupo fez tanto sucesso que ganhou o apelido de “Casinha AUmiga” e já conta com o auxílio de 200 pessoas que trabalham de forma totalmente voluntária.

A ideia veio da estudante de gastronomia Juliana Rocha, de 18 anos. Ela conta que começou a ajudar animais abandonados há cerca de um ano, quando o cão dela faleceu. Para lidar com a perda, ela começou a resgatar animais das ruas e ajudar com tratamento e na busca por adotantes responsáveis.

E desde então, Juliana não parou. Há aproximadamente uma semana, a estudante, com a ajuda de três amigos, começou o projeto na região onde mora, em Santa Maria. Eles criaram uma página nas redes sociais para divulgar a ação e pedir a ajuda de voluntários. Em duas horas, mais de cem pessoas haviam contatado o grupo de animais, pedindo para participar.

Camiseta dos voluntários com logomarca do projeto
Projeto já ganhou tantos adeptos que tem até logomarca (Foto: Arquivo Pessoal)

“Todo mundo pensa no ser humano, né? Mas, nas campanhas de agasalho, eu não tenho visto nada para os animais. Quando eu decidi criar o projeto, não imaginei que tomaria uma proporção tão grande”, conta Juliana.

Agora, o objetivo é expandir o projeto para outras regiões do Distrito Federal. Eles estão começando a escolher representantes de diferentes regiões para organizar as oficinas e mutirões. Os voluntários também mapeiam os pontos de distribuição estratégicos para receber as casinhas e ração.

Juliana conta que o intuito não é somente ajudar de forma emergencial, mas também a longo prazo, fazendo um estudo dos locais com animais negligenciados para conseguir atendimento veterinário e posterior adoção.

“Fui criada com animais, sempre tive cachorro e outros animais, só que eu não olhava pros cães em situação de rua. Depois que você começa a ver atitudes assim, você tem mais sensibilidade. Então espero que sirva de exemplo para outras pessoas”, confessa.

Quem tiver interesse em participar como voluntário do “Casinha AUmiga” ou doar materiais e ração ao projeto, pode contatar os organizadores pelos telefones (61) 99290-7618 e (61) 99237-0220 ou pela página do Facebook.

Voluntários segurando casinhas do projeto
Muitas pessoas se voluntariaram para ajudar a causa (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>