• Home
  • ONG resgata elefante explorado por 51 anos e o leva para santuário na Índia

ONG resgata elefante explorado por 51 anos e o leva para santuário na Índia

Elefante chegando em santuário na Índia, após resgate

0 comments

O elefante Gajraj foi libertado por uma ONG de proteção animal, após passar 51 anos sendo vítima de exploração no interior da Índia. Ele vive por todos esses anos como um escravo da ambição e maldade humana.

E quando deixou de ser “útil” para seus exploradores, ele foi abandonado, acorrentado a uma árvore, para morrer, aos 70 anos de idade.

Elefante chegando em santuário na Índia, após resgate
O elefante Gajraj foi resgatado por ONG após passar mais de 50 anos de sua vida sendo explorado e maltratado (Foto: Reprodução / Facebook)

A ONG PETA (Pessoal pelo Tratamento Ético dos Animais) divulgou em abril deste ano, um vídeo que flagra a situação de estresse intenso que o elefante vivia, comovendo internautas. A ação motivou uma campanha para lutar pela libertação do animal.

Nas imagens, é possível ver Gajraj balançando a cabeça constantemente, o que os especialistas analisam como um sintoma de depressão profunda. Além disso, seu corpo apresentava diversos machucados e abcessos, resultado de uma vida de abuso e exploração em cativeiro.

Mas, felizmente, a ONG Wildlife SOS resgatou o elefante em Aundh, na cidade de Pune, na Índia. No Facebook da instituição, os integrantes relatam o desafio que foi salvar Gajraj, pois enfrentaram resistência de moradores da região e precisaram chamar a polícia para concluir a viagem até o santuário.

O elefante agora vive no santuário do Centro de Conservação e Cuidado de Elefantes da Wildlife SOS, na cidade de Mathura.

Veja o seguir, o vídeo do primeiro banho de lama de Gajraj:

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>